Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
PMMC COVID SAÚDE

Estado vai intensificar a partir de maio ações contra ‘turismo sexual’

27 FEV 2016 - 08h00

Suzano vai lançar em maio uma campanha contra o turismo sexual. A iniciativa é do governo do Estado que está preocupada com o grande fluxo de turistas por conta das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Além da cidade suzanense, outros municípios da região devem aderir a iniciativa.

O principal objetivo é combater o turismo sexual e os abusos à crianças e adolescentes. A Secretaria de Estado de Turismo vai intensificar ações de combate. Suzano e Guarulhos, que já aderiram à iniciativa, vão desenvolver seus próprios programas.

O lançamento da campanha suzanense contra os abusos está programado para maio. O tema será "Lembrar é Combater".

O secretário estadual de Turismo, Roberto Lucena, lembrou que depois do armamento e narcotráfico, a exploração sexual é a área com maior incidências de casos no País. "São Paulo não está consolidada como uma rota desse tipo de crime. No entanto, não podemos negligenciar alguns sinais dessa atitude violenta. É importante dialogarmos com nossa sociedade, conselho tutelares e trade turístico de forma que possamos nos prevenir com esse tipo de crime". As informações foram passadas ontem durante lançamento do Gabinete Itinerante, realizado em Poá (veja mais na página 6).

Segundo ele, é preciso mandar mensagens claras para o Brasil e para o mundo de que as portas de São Paulo estão fechadas para a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo.

Para isso a pasta conta com o engajamento das cadeias hoteleiras na ampliação do conhecimento. "Eles são bem-vindos em São Paulo, mas a exploração sexual é crime. Quando chegar ao aeroporto ele vai receber essa mensagem 'seja bem-vindo, mas São Paulo é tolerância zero contra esse abuso'", frisou Lucena.

Entre as ações que Guarulhos desenvolve no campo de combate à exploração de jovens e adolescentes, os seminários e o selo municipal de capacitação são destaque. Os trabalhos existem antes mesmo do programa federal. Segundo o secretário, foi desencadeado por ser uma região que está cercada de rodovias e é a porta de entrada para turistas estrangeiros. As ações são realizadas em conjunto com o conselho turístico e municipal e rede hoteleira.

Até os taxistas passam por curso de capacitação. É uma das exigências para se renovar as credenciais. Os restaurantes e estabelecimento comerciais participam com adesivos sobre o tema. Nos hotéis, todas as crianças que ficam hospedadas são comunicadas ao Conselho Tutelar.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias