Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 25 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2021
CENTRO MÉDICO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Covid-19

Estrutura em Suzano conta com câmaras de refrigeração e freezers

Por questões de segurança, a Secretaria de Saúde não divulga os locais onde os medicamentos serão armazenados

Por Thiago Caetano - de Suzano19 JAN 2021 - 12h14
Estrutura em Suzano conta com câmaras de refrigeração e freezersFoto: Isabela Oliveira\DS
A estrutura de preservação dos medicamentos conta com sete câmaras de refrigeração, dois refrigeradores, dois freezers e um veículo refrigerado, em Suzano. Por questões de segurança, a Secretaria de Saúde não divulga os locais onde os medicamentos serão armazenados.
 
A cidade planeja o recebimento da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). Segundo a Secretaria de Saúde, a imunização se concentrará em três pontos do município. Todos eles estão prontos para o recebimento dos medicamentos. 
 
Os locais serão divulgados oficialmente pela própria Prefeitura de Suzano. 
 
A imunização deve ser iniciada no dia 25 de janeiro ou até mesmo antes, caso o Governo Estadual decida antecipar a entrega do imunizante. Os servidores da Rede Municipal de Saúde serão os primeiros a serem vacinados, em seus locais de trabalho. Segundo a pasta, os idosos acamados serão vacinados em suas casas, como também os que vivem em instituições de longa permanência (asilos).
 
Maycon Ribeiro, de 32 anos, atua há 11 anos no ramo da saúde. Segundo o profissional, é importante manter o medicamento por diversos motivos, como fazer a vacina durar a longo prazo. 
 
“É essencial por diversos fatores. O principal deles é evitar a contaminação por microorganismo, como bactérias, além claro da perda de matéria-prima. É ideal para fazer o medicamento durar mais tempo”, explicou.
 
Anvisa
 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou no domingo (17) os pedidos para uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra o coronavírus. Os pedidos foram feitos no dia 8 de janeiro, pelo Instituto Butantan (coronavac) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Oxford), Ambas instituições desenvolvem a vacina no Brasil.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias