Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 16 de agosto de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/08/2022
SESC AGOSTO 2022

Famílias aguardam entrega de 880 apartamentos com obras em atraso em Suzano

Sobre as obras dos dois empreendimentos em obras, a Prefeitura informou que segue atuando em defesa dos munícipes

Por Donizetti Tobias Jr - de Suzano04 AGO 2022 - 05h00
São 600 unidades, no Jardim Europa, e está em obrasFoto: Regiane Bento/DS
Suzano conta com dois conjuntos habitacionais populares em obras, com beneficiados já definidos que aguardam a entrega dos prédios para moradia. São, ao todo, 880 unidades.
 
O Residencial Suzano 2 (600 unidades), no Jardim Europa está em obras.
 
Houve rompimento do contrato da construtora com o agente financeiro (Banco do Brasil), mas os governos estadual e federal retomaram os trabalhos neste ano para a entrega das unidades, que passam por serviços de recomposição do piso cerâmico, revisão geral, pintura interna e de esquadrias metálicas e de madeira.
 
Já o Residencial Santa Cecília (280 unidades), no Jardim Margareth está ocupado irregularmente (invadido). A Caixa Econômica Federal é o agente financeiro responsável por tomar as medidas cabíveis em relação à situação do empreendimento, incluindo o ingresso na Justiça com uma ação de reintegração de posse.
 
A Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação de Suzano informou ontem que, no momento, não é possível mensurar a real quantidade de pessoas à espera de moradias, “pois é necessária a elaboração do Plano Municipal de Habitação – sem previsão por enquanto”.
 
Em 2017, a administração municipal se empenhou em realizar a devida atualização cadastral, inclusive, partindo daí o sorteio dos empreendimentos federais disponíveis à época na cidade. O recadastramento ocorreu de forma digital, sendo identificadas aproximadamente 4 mil famílias inclusas no antigo programa “Minha Casa, Minha Vida”.
 
Sobre as obras dos dois empreendimentos em obras, a Prefeitura informou que segue atuando em defesa dos munícipes contemplados, por meio de articulações junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional.
 
“Suzano vem cumprindo seu papel ao promover ao longo dos últimos anos os sorteios das unidades, formalizar a entrega dos documentos dos beneficiários para o financiamento dos imóveis junto aos agentes financeiros, fazer a entrega das chaves e acompanhar e orientar durante a ocupação dos condomínios. Neste momento, não há cadastramento de mais famílias em razão de não haver novas obras de conjuntos habitacionais previstas, seja pelo governo estadual, seja pelo governo federal”, informou a Prefeitura.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias