Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
ÚNICCO POÁ

Habilitadas oito empresas na licitação para reformar Central de Triagem

04 MAI 2016 - 08h00

Oito empresas foram habilitadas na licitação para realizar a reforma da Central de Triagem de Resíduos Sólidos de Suzano. Apenas uma construtora foi inabilitada por não apresentar documentos obrigatórios: a Egon Soluções Construtivas Eireli EPP. Segundo a Comissão Permanente de Julgamento das Licitações, os concorrentes terão um prazo de cinco dias para recorrer à decisão.

Todas as empresas escolhidas aguardarão a próxima sessão para descobrir qual vai executar as obras de reforma. São elas: Construtora Castro e Filho Ltda ME; Suzuki Engenharia e Construções Ltda; Dekton Engenharia e Construção Ltda EPP; A Brasileira Construção Consultoria e Gerenciamento Ltda; JB Serviços Gerais LTDA; EPPO Construções e Comércio Ltda EPP; Construtora Suzano Ltda; e Letcon Engenharia Ltda.

Sobre o requisito que inabilitou uma única empresa, a comissão avaliou que a construtora não enviou o balanço e demonstrações contábeis, conforme previsto na lei.

O vice-presidente da comissão permanente, Alexandre Augusto Batalha, disse que o julgamento de ontem foi apenas para habilitar as empresas que podem disputar à licitação. A escolha da construtora que executará as obras será feita por meio de uma nova sessão. "O resultado final apenas será depois desta segunda sessão. É importante frisar que o escolhido é feito pelo menor valor apresentado", disse.

O projeto de reforma prevê a elevação do telhado, nivelamento do piso, dentre outras melhorias. A nova central vai aumentar a área útil do equipamento e melhorar a circulação de pessoas no espaço. As obras estão orçadas em R$ 569.153,34.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, dez pessoas trabalham na Central de Triagem do Jardim Colorado, que é norteada por uma cooperativa de recicladores de lixo (Univence). O material é coletado de casas, condomínios e empresas e soma, aproximadamente, 30 toneladas por mês, sendo que a reforma estima que o número dobre.

SUZANÃO

A comissão também habilitou sete de oito construtoras para realizar as obras de adequação do Estádio Municipal Francisco Marques Figueira, o Suzanão. Novamente, a Egon Soluções Construtivas Eireli EPP foi inabilitada.

As empresas interessadas que participarão da licitação são: a Construtora Castro e Filho Ltda ME; Suzuki Engenharia e Construções Ltda; Dekton Engenharia e Construção Ltda EPP; A Brasileira Construção Consultoria e Gerenciamento Ltda; JB Serviços Gerais LTDA; EPPO Construções e Comércio Ltda EPP; Construtora Suzano Ltda.

O projeto está orçado em R$ 146,9 mil e prevê que seja construída uma nova arquibancada no estádio. Atualmente, o Suzanão tem 3.433 lugares, sendo que o novo projeto vai criar mais 1,6 mil, assim ampliando a capacidade para 5.033 lugares.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias