Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE

Homem abusa de passageira no trem e tumultua Estação de Suzano

24 AGO 2016 - 08h01

Um homem de aparentemente 40 anos, abusou de uma passageira, de 23, dentro do vagão de um trem da Linha 11- Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), no começo da noite de ontem. Ele foi agredido por outros passageiros do transporte ainda dentro do vagão e detido por seguranças e policiais ferroviários. A situação gerou tumulto durante o desembarque de passageiros na Estação Suzano.

O trem no início da noite costuma ser lotado por conta da volta do trabalho para a casa. A vítima, uma mulher de 23 anos, que trabalha no bairro do Bom Retiro, em São Paulo, estava perto de uma das portas do vagão e não conseguia nem se mexer por conta da quantidade de passageiros.

A mulher não sentiu nenhum sinal de que estava sendo abusada até chegar na Estação Suzano, onde iria desembarcar.

O “encoxador”, de aparentemente 40 anos, estava atrás dela e com as partes íntimas para fora da calça. Ao perceber, a mulher começou a agredi-lo, o que chamou atenção de outros passageiros, que fizeram o mesmo.

A vítima contou a reportagem que o homem negou o abuso, mas estava tentando esconder o órgão genital.

O caso estava sendo registrado na Delegacia Central de Suzano. Além disso, o suspeito passou por atendimento médico no Pronto Socorro (P.S.) da Santa Casa da cidade, após ser agredido.

NOTA DA CPTM

Em nota, a CPTM informou que repudia o abuso sexual, crime que deve ser combatido dentro e fora do transporte público. A empresa afirmou que faz campanhas de cidadania com veiculação nas redes sociais e com mensagens sonoras nos trens e estações. “Esta ação tem estimulado mulheres que passam por este constrangimento a registrarem Boletins de Ocorrências (B.O.) em delegacias de polícia” concluiu em nota.

Segundo a assessoria, outra ferramenta importante é o serviço de SMS-Denúncia (9 7150-4949), que garante total anonimato ao denunciante. A mensagem é recebida no Centro de Controle de Segurança, que destaca os agentes mais próximos para verificação imediata e providências.

A colaboração dos usuários por meio de denúncia e o registro da ocorrência na polícia pelas vítimas são fatores fundamentais para que todos os passageiros tenham seus direitos respeitados e os abusadores sejam punidos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias