Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 07 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 06/07/2020
Tratamento aos pacientes com coronavírus

Hospitais de Campanha no Alto Tietê estão com 18% de leitos ocupados

Dados foram apurados até o último dia 27; Suzano tem o hospital de campanha com mais internados

Por Fernando Barreto - da reportagem local31 MAI 2020 - 05h00
Suzano tem a maior taxa de ocupação de leitosFoto: Wanderley Costa/Secop-Suzano
Os hospitais de campanha das cidades da região estão com 18% dos leitos ocupados. 
Conforme levantamento realizado pelo DS, de acordo com as assessorias de imprensa, são 340 leitos de hospital de campanha, onde 63 estão ocupados.
 
Segundo os dados, 30 leitos são para casos avançados da doença e 310 para atendimento de enfermagem e observação. 
Entre as cidades analisadas, maior número de internados está em Suzano, com 34 leitos ocupados. 
 
A cidade conta com 80 leitos, sendo 70 para ala de enfermagem e outros 10 para casos mais graves. Portanto, 42,5% do total de leitos está ocupado. Até o momento são 29 pacientes com sintomas mais leves e outros 5 com o quadro clínico grave.
 
O Hospital de Campanha, também chamado de Hospital de Quarentena, foi montando na Arena Suzano, localizado na Avenida Senador Roberto Simonsen, 90, no Jardim Imperador.
 
Na sequência aparece o Hospital de Campanha de Mogi das Cruzes, que tem 200 leitos para enfermaria, onde 12 estão ocupados. Ou seja, 6% do total está ocupado. A assessoria da Prefeitura mogiana informou que não há alas para casos mais graves, e que "esses são encaminhados para o hospital municipal de Braz Cubas". Em Mogi, o hospital está localizado no bairro Mogilar, na Avenida Cívica, ao lado do Ginásio Municipal Hugo Ramos.
 
O hospital de Poá, que está localizado Rua Marquesa de Santos, atrás do Hospital Municipal Guido Guida.
Segundo a Prefeitura poaense, o hospital conta com 30 leitos, sendo 20 para a ala de enfermaria e outros 10 para casos graves. 
 
Até o fechamento da reportagem, haviam 7 pacientes internados no local, ou seja, 23,3% dos leitos ocupados.
A Prefeitura de Itaquá possui quadro diferenciado. 
 
A cidade informou que o hospital de campanha está em fase de processamento, mas que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Centro de Saúde Infantil estão sendo utilizados para o tratamento de casos leves. 
 
No total, são pelo menos 50 leitos. A assessoria disse que os casos graves são tratados no Hospital Santa Marcelina.
Em Ferraz de Vasconcelos, dez leitos estão ocupados dos 30 disponíveis no Hospital de Campanha no Ginásio de Esportes Professor Adão Dias dos Santos, no Jardim Santa Rosa.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias