Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 08 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/07/2020

Hospital de Quarentena segue atendendo e sem previsão para desativação

Por Carolina Rocha - de Suzano27 JUN 2020 - 23h30
Hospital mantém atendimento a pacientesFoto: Regiane Bento/Divulgação
Perto de completar dois meses em funcionamento, o Hospital de Quarentena de Suzano ainda não tem data definida para o encerramento de suas atividades. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o equipamento localizado nas dependências da Arena Suzano, no Parque Municipal Max Feffer, deve seguir com os atendimentos normalmente. 
 
Desde sua inauguração, em 30 de abril, a unidade realizou 119 atendimentos a pacientes com diagnóstico do novo coronavírus no município. O equipamento conta com 80 leitos, sendo 70 de observação e 10 de alta complexidade e estabilização. 
 
No dia 24 de junho, 12 pessoas estavam internadas no equipamento, sendo sete no setor de enfermaria e cinco no de alta complexidade, o que corresponde a 15% da capacidade do hospital. Desde o início das operações, 102 pessoas que deram entrada no equipamento receberam alta.
 
De acordo com a Prefeitura de Suzano, o objetivo do hospital é desafogar a demanda por leitos nos demais equipamentos de saúde na cidade. Vale ressaltar que o hospital não atua com atendimento de “portas abertas”, e que todos os pacientes internados e que passaram pelo local, são encaminhados por outras unidades de saúde do município.
 
Fechamento em SP
 
Na semana passada, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou o fechamento do hospital de campanha do estádio do Pacaembu na próxima segunda-feira (29). O fechamento se deve, segundo o prefeito, porque a taxa de ocupação nos últimos dez dias nos hospitais de campanha da capital está abaixo de 50%. 
 
“Desde o dia 1º de junho, a taxa de ocupação dos leitos dos hospitais de campanha e de enfermaria da prefeitura de São Paulo vem caindo. Estamos há quatro semanas em queda nessa taxa. E nos últimos dez dias estamos abaixo dos 50%. Então, isso dá tranquilidade para fechar os 200 leitos do hospital do Pacaembu”, explicou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias