Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 17 de janeiro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/01/2019
PMMC JANEIRO - MOGI CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE 2ª FASE
PMMC JANEIRO  - BRINCANDO NAS FÉRIAS 2019
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

IBGE: Suzano sobe seis posições e é a 81ª cidade mais rica do Brasil

21 DEZ 2016 - 07h00

Com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 10,13 bilhões, Suzano é a 81ª cidade mais rica do País. O número tem como base o ano de 2014 e foi divulgado neste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com relação aos dados divulgados no ano passado (com base em 2013), a cidade subiu seis posições no ranking nacional. Isso porque, na ocasião, a cidade tinha um PIB de R$ 8,998 bilhões e estava na 87ª colocação. O crescimento percentual em um ano chegou a 12,58%.

O valor do PIB Municipal está crescendo nos últimos anos. Isso porque no levantamento divulgado em 2014, com base nos dados de 2012, a cidade tinha uma riqueza acumulada em R$ 7,828 bilhões. Na ocasião, a cidade não ocupava o ranking das 100 mais ricas no território nacional.

Suzano e Mogi das Cruzes são as únicas cidades da região que estão neste ranking. O município mogiano ocupa a 62ª colocação, com um PIB de R$ 13,36 bilhões.

PIB INDUSTRIAL

Além do PIB geral, o IBGE divulga ranking setorizados da riqueza municipal, como per capita, da agropecuária e da indústria.

Além do ranking geral, Suzano figura entre as 100 cidades com maior PIB industrial, ocupando a 50ª colocação. Além do município suzanense, Mogi também está no ranking, com o 64º lugar.

Em comparação aos números divulgados no ano passado, o município subiu sete posições no ranking, já que antes estava em 57º lugar. O IBGE divulgou em 2015 que o PIB industrial de Suzano era de R$ 3,477 bilhões. Neste ano, passou para R$ 3,94 bilhões. Com o aumento, a cidade passou Mogi das Cruzes. Isso porque, no ano passado, a cidade vizinha estava no 55º lugar.

CÁLCULO

O cálculo do PIB dos municípios, feito pelo IBGE, baseia-se na distribuição, pelos municípios, do valor adicionado corrente das atividades econômicas obtido pelas Contas Regionais do Brasil. É ele que aponta o tamanho da riqueza de cada município. O PIB representa uma soma de todos os bens e serviços produzidos nas cidades durante um período - neste caso um ano - e é um dos indicadores mais utilizados com o objetivo de mensurar a atividade econômica local.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias