Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 01 de agosto de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/08/2021
MAGIC CITY
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Cruzeiro do Sul

Igrejas abrem inscrições on-line para organizar fluxo de fiéis nos cultos

Líderes recorrem aos meios digitais para manter atividades e entendem a necessidade de restrições

Por Matheus Cruz - de Suzano12 JUN 2021 - 20h00
Igrejas Evangélicas mantêm as restrições e abrem inscrições on-lineFoto: Regiane Bento/DS
Ainda sem previsão de retomada das atividades de forma normal, as igrejas evangélicas de Suzano estão recorrendo aos meios digitais para manter os cultos semanais dentro dos protocolos sanitários. 
Com permissão para receber fiéis com até 40% da capacidade, as igrejas criaram o processo de inscrição online para organizar o fluxo de pessoas nas cerimônias religiosas. 
 
Até o dia 18 de abril, quando foi iniciada a fase de transição do Plano São Paulo, os templos estavam impedidos de receber os membros de forma presencial e mantinham apenas cultos com transmissão na internet. Agora com a autorização, apesar do cenário atípico, a medida de inscrição está sendo bem recebida entre os fiéis. 
 
De acordo com o bispo Julio Vertullo, da Igreja Cristã Mundial, o processo facilita o controle de acessos aos quatro cultos semanais que a igreja realiza, além de evitar constrangimentos na hora de receber os membros. 
“Criamos esse processo de inscrição através de um aplicativo. Quando o limite é atingido, a pessoa já sabe. Com isso, ela nem vai até à igreja e não precisamos pedir para ela voltar para casa”, explica. 
 
Apesar do limite estabelecer a capacidade de até 40%, a igreja prefere manter os 30% como “folga” caso apareça alguém que precise assistir ao culto, mas não tenha conseguido entrar na inscrição. Além disso, os cultos continuam sendo transmitidos de forma remota nas redes sociais e seguem sendo uma opção aos fiéis. 
Mesmo com a adesão positiva, a expectativa do bispo Julio é que os cultos voltem a ocorrer dentro da normalidade quando possível. 
 
“A maneira que a pandemia foi administrada ficou politizada, infelizmente. Mas houveram pontos positivos e negativos. A comunicação com as pessoas ficou mais difícil e acabamos ficando no meio de uma briga de dois lados”, lamenta. 
Cenário parecido ocorre na Igreja Presbiteriana Unida de Suzano, local em que três cultos semanais são realizados com os 40% da capacidade permitida. Para ter acesso aos cultos, os fiéis também precisam realizar uma inscrição prévia para garantir o concorrido assento na cerimônia. 
 
“Temos cerca de 400 membros e uma capacidade muito abaixo disso. Através das inscrições conseguimos garantir a segurança de todos”, explica o diácono Ronaldo Freitas da Silva. 
Na igreja, os cultos chegaram a ser divididos entre faixas etárias durante a fase vermelha, quando os templos tinham maiores restrições. Hoje, isso não é mais necessário. 
 
Na Igreja Batista Nova Vida de Suzano, localizada no Parque Maria Helena, não foi necessário adotar as inscrições online. Entretanto, o número de cultos semanais que chegava à nove, caiu para apenas dois aos domingos. A igreja mantém o limite de 40% de capacidade e orações online diariamente em suas redes sociais. 
 
“Estamos recebendo especificamente apenas crianças acima de 12 anos e idosos com até 60 anos. É uma forma de manter o controle nos cultos de domingo”, completa o pastor Francisco Dacilei.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias