Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 24 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Incerteza do retorno das aulas preocupa transportadores escolares

Categoria está planejando um movimento para o próximo mês

Por Carolina Rocha - de Suzano06 AGO 2020 - 12h00
Categoria já encaminhou dois ofícios pedindo providências para os trabalhadores do setor assinado por 245 transportadores escolaresFoto: Arquivo/DS
A incerteza do retorno das alas presenciais tem prejudicado os profissionais do transporte escolar na cidade. Segundo Marcos Antônio Inácio, motorista há 18 anos no segmento, a situação vivenciada pelos trabalhadores da área é sem precedentes. 
 
“O transportador escolar está perdido, ao ‘deus-dará’. Os pais que ainda estavam honrando com o contrato no primeiro semestre, agora já estão cancelando o serviço, por conta da incerteza. Uma hora fala que vai voltar, outra hora dizem que não vai, e acabamos ficando no meio dessa situação sem ajuda nenhuma”, lamenta Inácio.
 
De acordo com o motorista, a categoria já encaminhou dois ofícios pedindo providências para os trabalhadores do setor assinado por 245 transportadores escolares”.
 
“Estamos sem renda. Muitos transportadores estão vivendo de ‘bico’. Alguns vendem ovo, outros vendem verdura e até mesmo biscoito na beira de estrada para conseguir sobreviver”, relata.
 
MOVIMENTO
 
A categoria está planejando um movimento para o próximo mês. De acordo com Inácio, “A Força dos Transportadores”, nome com que o grupo foi batizado, tem como objetivo pressionar e reivindicar providências das autoridades competentes, não só em Suzano como em todo o Alto Tietê.
 
Condemat
 
No mês passado, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) realizou uma reunião com os prefeitos da região para discutir o retorno das aulas presenciais nas redes municipais de educação. 
 
No encontro, foi discutido o retorno previsto para o dia 8 de setembro, entretanto grande parte dos prefeitos considerou a data prematura, o que pode retardar a volta às aulas.
 
Uma das recomendações da Câmara Técnica de Educação do Condemat é a realização de consulta pública sobre a retomada das aulas em 2020. 
A medida já foi iniciada em alguns municípios, e em Mogi das Cruzes o resultado já foi obtido. 
Na consulta, 89% dos mogianos se posicionaram contra o retorno das aulas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias