Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 02 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 02/12/2020
GOLDSTAR
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
GOLDSTAR
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
ERICA ROMÃO

Licitação para construção de hospital é cancelada e vai sofrer alteração no valor

15 DEZ 2015 - 07h00

A licitação para a construção do Hospital Regional foi cancelada pela Prefeitura de Suzano. O motivo é que alguns itens do projeto inicial foram alterados. Com isso, haverá mudança na planilha orçamentária. O valor da primeira etapa das obras deve ultrapassar R$ 30 milhões. Inicialmente eram previstos R$ 25 milhões. A revogação foi publicada no último sábado. A previsão inicial é de que as obras começassem neste semestre.

Por conta da suspensão, a administração municipal precisará realizar novamente a pré-qualificação com os custos atualizados, porém não informou a data em que o processo será aberto. A pré-qualificação é realizada para especificação prévia dos objetos de licitações, desde que para assegurar critérios técnicos de qualidade. O principal objetivo é garantir que as empresas tenham qualificação para realizar os trabalhos.

Além das alterações de preços, o consórcio HF-CDG Suzano, que havia vencido a licitação para construção do hospital, anunciou em outubro a desistência. Na ocasião, a informação foi confirmada pela secretária de Obras e Infraestrutura, Carmen Lucia Lorente, a Carminha. O consórcio é formado por duas empresas: Heleno & Fonseca Construtécnica S/A e CDG Construtora Eireli.

A planilha de custo da obra foi realizada inicialmente em maio de 2014 e desde então teve seu custo de R$ 25 milhões, para a primeira fase das obras, desatualizado. Para a atualização os valores, a planilha foi encaminhada para a Caixa Econômica Federal (CEF), que faz a liberação do dinheiro. A previsão é de que o valor fique em torno de R$ 30 milhões.

A unidade será construída em um terreno de 71 mil metros quadrados. Por conta da construção do hospital, a administração pretende fazer um prolongamento da Rua Sete de Setembro, que atualmente termina na Avenida Senador Roberto Simonsen, até a Avenida Paulista. A unidade terá capacidade para 210 leitos e atenderá pessoas de Suzano e região.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias