Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sexta 03 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2021
CREA- SP TRANSFORMAÇÃO DEZEMBRO 2021
CIA SUZANO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUSA ARAUJO - SIENA

Lista de municípios com Carnaval cancelado chega a 7, mas deve terminar com dez

Executivos somam questões financeiras e cenário pandêmico como motivos de suspensão das festas

Por Matheus Cruz - de Suzano24 NOV 2021 - 05h00
Maioria das cidades suspendeu a festa para o ano que vem no Alto TietêFoto: Irineu Júnior/Secop Suzano
A maioria das prefeituras do Alto Tietê anunciou, em decisão conjunta, o cancelamento do Carnaval de 2022. Além das questões pandêmicas que exigem a continuidade dos protocolos sanitários serem seguidos, as administrações municipais somam as questões financeiras como motivos para o cancelamento.
 
Em Suzano, a confirmação da suspensão do Carnaval do próximo ano foi adiantada na semana passada, quando o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) fez o anuncio em entrevista coletiva. 
 
Nesta segunda-feira (22), a Prefeitura publicou uma nota em suas redes sociais explicando que a medida foi tomada após estudo técnico da Secretaria Municipal de Saúde junto ao Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19).
 
Situação parecida em Mogi das Cruzes, onde o prefeito Caio Cunha (Podemos) publicou nota que detalha a decisão de suspender o Carnaval na cidade em 2022, citando a prioridade de direcionar a verba pública para outras áreas.
 
Em Poá, o cancelamento também foi confirmado. O Executivo lembra que segue dezenas de cidades do estado de São Paulo, frente à pandemia da Covid-19 e das circunstâncias econômicas de todo o País. 
 
Em janeiro deste ano, o município, inclusive, decretou estado de calamidade financeira e precisou adotar diversas medidas de contingência visando a reorganização da saúde financeira da cidade.
 
Arujá, Santa Isabel, Salesópolis e Biritiba Mirim também anunciaram a suspensão dos eventos de Carnaval. Santa Isabel pontua que a decisão se deve aos riscos de aumento dos casos de contaminação, com as aglomerações, e da situação econômica em que o município se encontra.
 
Estudos
 
Outras três cidades da região mantêm estudos sobre a decisão de cancelar ou não as atividades para o próximo Carnaval. É o caso de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Guararema. Os estudos levam em conta a viabilidade sanitária do evento e a taxa de vacinação contra a Covid-19.
 
Em Itaquaquecetuba, o Executivo estuda a realização de atividades, se precavendo quanto às determinações do Plano SP. A expectativa é de que a Prefeitura anuncie nos próximos dias uma nota oficial sobre o assunto.
 
A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos está analisando o cenário atual da pandemia e avaliando a questão juntamente com as autoridades de saúde e nos próximos dias haverá uma definição. O mesmo ocorre em Guararema. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias