Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

LOA é aprovada no valor de R$ 692 mi e 52 emendas

11 DEZ 2015 - 07h00

O orçamento de Suzano no valor de R$ 692 milhões, para o próximo ano, foi aprovado ontem em sessão extraordinária da Câmara. O valor está previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA). Os parlamentares apresentaram ainda 57 emendas substitutivas, sendo que 52 foram aprovadas. Do total do orçamento, 1,2% foi destinado para a criação das emendas, ou seja, cerca de R$ 8,3 milhões, que devem ser revertidos em benefícios para a população.

Para cada vereador foi destinado aproximadamente R$ 390 mil para a criação das emendas. Deste total, 50%, obrigatoriamente, deveriam ser destinados para a área da Saúde.

O presidente da Casa de Leis, Denis Claudio da Silva (DEM), o Filho do Pedrinho do Mercado, relembrou que os vereadores da base entraram em acordo e destinaram 100% de suas emendas para a Saúde, conforme já foi publicado pelo DS. Com isso está previsto por meio das emendas, a compra de cinco ambulâncias, com o valor de R$ 150 mil (cada); cerca de R$ 1,6 milhão que será destinado para a compra de insumos médicos; e aproximadamente R$ 2,4 milhões para a compra de medicamentos para abastecer a rede pública.

Dentre as emendas dos vereadores da oposição, pode-se citar a construção de duas academias da saúde, sendo uma no Parque Maria Helena e uma na Vila Maluf com uma verba de R$ 160 mil, do vereador Vanderli Ferreira Dourado (PT), o Derli do PT; e a destinação de R$ 50 mil para fins de convênio com a Associação Paulista de Educação e Cultura e Cidadania (Apecc), com o objetivo de ofertar oficinas e atividades culturais à população da Vila Figueira e adjacências, do parlamentar Walmir Pinto (PT).

Walmir foi o vereador com o maior número de emendas, um total de sete; seguido pelo parlamentar Luiz Carlos Geraldo (PT), o Professor Luizinho, com seis; e Said Raful (PSD) com três. Os demais vereadores criaram duas emendas, cada um.

REJEITADAS

Das 57 emendas propostas, cinco foram rejeitadas pelos vereadores suzanenses. Todas elas criadas por parlamentares da oposição. Foram duas emendas do Derli do PT e três da vereadora Quitéria David da Silva Araújo (PT).

Destas, há uma emenda referente ao investimento de R$ 150 mil para realização das festividades de 100 anos da Igreja do Baruel; e uma segunda que destinaria R$ 150 mil para manutenção e ampliação da iluminação pública de ruas do Jardim Suzanópolis, Parque Maria Helena, Vila Maluf e Cidade Miguel Badra.

LOA

O orçamento, aprovado pela Câmara de Suzano, será utilizado no exercício de 2016, e distribuído entre 21 secretarias, gabinete do prefeito, Câmara Municipal e Instituto de Previdência do Município de Suzano (IPMS). Antes da aprovação dos vereadores, foram realizadas audiências públicas para que o assunto fosse debatido também com os cidadãos. No entanto, a participação da população foi mínima.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias