Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 20 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
PMMC COVID LAR

Mais de 12,3 mil eleitores têm títulos cancelados ou suspensos em Suzano

21 FEV 2016 - 08h01

O número de títulos eleitorais em situação cancelada ou suspensa atingiu os 12.365 em Suzano. Os dados foram divulgados pelos dois cartórios eleitorais do município. O prazo para regularização do documento termina em 4 de maio, mas especialistas não veem risco de o município perder mais eleitores e, consequentemente, a disputa de um possível 2º turno nas eleições deste ano. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a cidade tem 206 mil eleitores.

No cartório da 181ª Zona Eleitoral de Suzano, 5.432 pessoas constavam como situação cancelada. Outras 757 tinham o documento suspenso. A situação do cartório da 415ª Zona Eleitoral é parecida. São 5.509 cancelados e 667 suspensos. Em situação regular estão 96.549 pessoas, de acordo com Izânia Alves do Nascimento, responsável pelo cartório.

O grande número de pessoas em situação irregular ainda pode ser revertido. Todos os eleitores podem comparecer pessoalmente até o cartório de inscrição e fazer a atualização até 4 de maio. Para isso, é necessário apenas um documento de identificação com foto, exceto o novo modelo de passaporte por não conter dados de filiação.

O cientista político Olavo Câmara não acredita que o atual quadro interfira nas eleições deste ano. "Muita gente vai correr até os cartórios para regularizar sua situação", analisa.

Para dar conta dessa procura e garantir o eleitorado, Imaculada Pires de Almeida, chefe do cartório 181ª, admite que pode haver regime de plantões aos sábados e domingos, excepcionalmente.

"É possível que em abril sejam realizados plantões para atender a esses eleitores. Tudo vai depender do Tribunal Regional Eleitoral (TRE)".

ALISTAMENTO

Desde o início deste ano, 4.479 eleitores procuraram os cartórios eleitorais para fazer alistamento e transferência de domicilio em Suzano. Além disso, duas novas seções foram criadas para dar conta da demanda.

CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO

Dos 206.517 eleitores de Suzano, pouco mais de 11.164 pessoas fizeram o cadastramento biométrico. Ou seja, pouco mais de 6% do eleitorado suzanense. A falta de obrigatoriedade é uma das justificativas.

Para as eleições municipais deste ano, a expectativa dos cartórios é de que todas as seções contem com urnas equipadas para funcionar com dispositivos de biometria. O TSE espera que em 2018 toda a população com direitos políticos ativos seja cadastrada.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias