Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Mais de 79 mil atendimentos são realizados em pacientes com câncer

13 MAR 2016 - 08h00

O Hospital Luzia Pinho de Melo e Hospital Guarulhos atenderam juntos 79,6 mil pessoas para procedimentos relacionados às doenças do câncer. Os procedimentos se referem a procedimentos com acompanhamento de multiprofissionais, médicos, não médicos, quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia. No total, entre sessões de quimioterapia e atendimento médico 31 mil procedimentos foram realizados pelas duas unidades especializadas. Os serviços oferecidos são consultas com especialistas, exames, cirurgias, quimioterapia e radioterapia, além de atendimentos complementares.

Os pacientes que precisam se tratar das doenças relacionadas ao câncer na região contam com dois aparelhos públicos. Um em Mogi das Cruzes e outro em Guarulhos. As duas unidades são geridas pelo Estado e contam com profissionais dá área de oncologia.

Somente em 2015, o Hospital Luzia de Pinho Melo realizou 68 mil atendimentos relacionados ao tratamento de casos de câncer. Foram realizadas cerca de 8,1 mil sessões de quimioterapia e 8,9 mil atendimentos médicos.

O centro oncológico do Hospital Geral de Guarulhos começou os atendimentos no início do ano passado e foi ampliado gradativamente, conforme protocolo de implantação de unidades de saúde. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, em 2015 foram realizados cerca de 11,8 mil sessões de radioterapia, 2,7 mil sessões de quimioterapia e 3,5 consultas médicas.

Cada paciente pode passar por mais de um atendimento na unidade e os dados são referentes a produção dos serviços e não ao número de pacientes. Outros procedimentos como cirurgia não foram divulgados pela secretaria.

Se algum munícipe tiver suspeita da doença em Itaquá pode procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de casa ou a Secretaria Municipal de Saúde que vão encaminhar o caso para unidades especializadas.

Em Ferraz de Vasconcelos, encaminha os pacientes com a confirmação da doença para a Rede Hebe Camargo - referência no Estado e cuja gestão é realizada pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

A Prefeitura ressaltou que a preferência de agendamento é nas unidades da região, mas se o tipo de Câncer for mais complexo, a opção será outros Hospitais de referência.

A Secretaria de Saúde ferrazense ainda presta serviço como lembrete de horário e data do procedimento. Caso o paciente não tenha condições de custear o deslocamento a pasta disponibiliza o transporte sem nenhum custo.

O DS entrou em contato com as demais prefeituras para se pronunciar sobre o assunto, mas até o fechamento desta reportagem não houve retorno.

ESTADO

Segundo informações da pasta estadual, em todo Estado há 75 centros de referência para tratamento de Câncer. Apenas dois estão do Alto Tietê. Ainda assim, cerca de 83% dos pacientes oncológicos que moram na região são atendidos pelas duas unidades.

Para facilitar e qualificar o acesso ao tratamento oncológico no Alto Tietê, durante a execução das obras do Luzia, o governo estadual firmou convênio com o Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho. Os casos mais graves e/ou raros são encaminhados para atendimento em outras cidades por envolverem situações de maior complexidade ou especificidade.

Em Suzano, a referência do tratamento oncológico é feita pelo Estado. Por esse motivo, não há dados que apontem quantos cidadãos estão em tratamento. As unidades quando identificam algum caso suspeito fazem o encaminhamento sintomático.

No ano passado foram identificados 870 pacientes residentes em Itaquaquecetuba. O município dá apoio para realização de exames diagnóstico, através de agendamento via sistema e acompanhamento concomitante nas Unidades de Saúde de referência do paciente e no Centro de Especialidades Municipal. Além disso, são promovidas campanhas de massa como Outubro Rosa e Novembro Azul.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias