Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 11 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/08/2020
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ALEITAMENTO MATERNO
Pmmc Mutirão da Catarata
PMMC ECOTIETÊ

Marcelo Candido: ‘Minha experiência poderá contribuir com a cidade’

Ex-prefeito da cidade por oito anos, Cândido comentou no DS Entrevista sobre pandemia, eleições e seu mandato

Por Fernando Barreto - de Suzano22 JUL 2020 - 22h32
Marcelo Cândido concedeu entrevista ao vivo para o DS e falou sobre a cidadeFoto: Arquivo/DS
O ex-prefeito de Suzano, Marcelo Candido (PDT), quer voltar a exercer influência no município com sua experiência política. "Quero voltar a influenciar, que as pessoas 'deem ouvido' ao que posso contribuir com o município. Tenho certeza que com a minha experiência, com a minha vivência, poderia contribuir com Suzano. E estou aqui para isso", afirmou Cândido ao programa DS Entrevista.
 
Ele disse, também, que se orgulha muito de ter sido prefeito de Suzano por oito anos e cita as dificuldades para conquistar tudo o que conseguiu. 
 
"Quando iniciei o mandato em 2005, se quer tínhamos concurso público. Além disso, a cidade olhava pouco para os extremos. Por isso tenho orgulho de ser um candidato que veio da periferia da cidade. Cresci no Jardim Revista, meus pais vieram do interior para tentar uma vida melhor", afirmou o ex-prefeito.
 
"No meu primeiro ano, apenas 35% das ruas da cidade estavam pavimentadas. Após oito anos, esse percentual subiu para 70%. A política me ajudou a melhorar a periferia. Muitos suzanenses que moram distante, por vezes não se consideram da cidade. Consegui também trazer uma universidade para Suzano. Duvidaram na época, mas consegui", disse.
 
Segundo o pedetista, algumas obras que estão sendo concluídas na atual gestão tiveram início com ele. Candido cita que ao fazer a transição do seu mandato, em 2012, para Paulo Fumio Tokuzumi (PSDB), relacionou todas as obras, projetos e caminhos para o governo federal, e que isso seria um prosseguimento dos trabalhos realizados por ele.
 
"Infelizmente muitas dessas obras não foram devidamente seguidas, como é o caso do hospital regional. Essa era uma obra que eu havia conseguido a licitação, mas por estar no fim do meu mandato, não foi possível concluí-la”. Ao comentar sobre a gestão de Ashiuchi, Candido afirmou que o atual governo municipal tem resgatado as obras iniciadas na gestão do PT. "Quando terminou meu mandato, deixei uma parcela grande de obras em andamento e também de projetos. Quando governamos, planejamos, fazemos e entregamos obras", explicou. 
 
Na opinião do ex-prefeito, Ashiuchi conseguiu prosseguir com muitas obras iniciadas por ele e tem feito planejamentos para o futuro. "Um dia Suzano terá 500 anos, e como será isso? Uma gestão vai construindo e melhorando sobre a outra", concluiu.
 
Eleições 2020
 
Candido vê as eleições desse ano como primordiais, pois, segundo ele, o País vive um momento de caos e a falta de alinhamento político (federal, estadual e municipal) fez o coronavírus se espalhar muito. Na opinião dele, será necessário olhar mais para a periferia no ano que vem.
 
"Vivemos sob um governo que não tem ministro da Educação (na época, Milton Ribeiro não havia assumido) e essa pandemia se espalha muito rápido. Por isso afirmo: 'As eleições de 2020 são as eleições de nossas vidas'. O desemprego vai crescer muito, e os mais afetados serão as pessoas da periferia. Teremos de ter um olhar progressista sobre quem mais sentirá a crise gerada pela pandemia", afirmou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias