Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 03 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2020
ERICA ROMÃO
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
GOLDSTAR
Reisinger Ferreira

Moradores reclamam de acumuladores de lixo em residência na Vila Ipelândia

15 JAN 2016 - 07h01

Os moradores da Estrada Keida Harada, no bairro Vila Ipelândia, reclamam do acúmulo de lixos do imóvel de um dos vizinhos. Segundo os cidadãos, os entulhos vêm sendo amontoados na residência por cerca de cinco anos. Sofás velhos, latões de plásticos, montanhas de sucatas, além de duas carcaças de carros podem ser encontradas dentro do quintal da casa.

Um aposentado e uma mulher são os proprietários da moradia, e segundo informações da vzinhança, a Prefeitura já retirou três caminhões cheios de entulhos, mas o casal ainda continua acumulando sucatas. A consequência disso é que ratos e baratas são atraídos ao redor da casa, ou seja, nas residências dos moradores. No quintal também há dois cachorros abandonados que ficam no meio de todos os entulhos.

A trabalhadora rural Marina de Jesus Gonçalves relatou que, devido à concentração de sucatas na casa, a população do local teme com a possível proliferação do mosquito Aedes aegypti. "Estamos com muito medo de pegar doenças. A dengue é a principal, pois quando chove todos os móveis jogados e os latões enchem de água. Aliás, como moro bem do lado, aqui aparecem muitos bichos, como baratas enormes". Ainda segundo ela, sai um mau cheiro fortíssimo da residência.

Os vizinhos ressaltam ainda que há uma suspeita de foco do mosquito na casa dos acumuladores. "Há muita água empossada dentro daquele quintal e com certeza tem foco de dengue lá. Mais de ano que está assim e os moradores não resolvem", falou o desempregado Domingos Sávio da Silva, de 49 anos.

Quando questionada sobre os entulhos, a moradora da residência, sem deixar ninguém se aproximar do seu quintal, disse que é um direto dela ter o que quiser. "As minhas coisas não são roubadas. Eu as compro e guardo dentro da minha casa. Não ligo para os outros".

PREFEITURA

A Prefeitura informou que está ciente do caso e afirmou que fará a realização da retirada do lixo algumas vezes. Uma ação integrada envolvendo as secretarias de Assistência Social, Saúde e Assuntos Urbanos será executada em breve no local com o objetivo de retirar os entulhos da residência e fazer o acompanhamento médico dos acumuladores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias