Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 20 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
PMMC COVID LAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Movimento Alto Tietê Sustentável é lançado em Centro Cultural

01 MAR 2016 - 08h01

Com objetivo de articular projetos sustentáveis entre o Poder Público, privado e sociedade civil organizada, a Agência de Desenvolvimento Regional do Alto Tietê (Adrat) lançou ontem, em Suzano, o Movimento Alto Tietê Sustentável. O evento aconteceu no auditório Orlando Digenova, no Centro Cultural Francisco Carlos Mariconi, e contou com a participação de representantes da administração municipal e entidades civis.

De acordo com a presidente da agência, Bianca Colepicolo, o grupo realizou nos últimos anos diversas audiências públicas, reuniões com o setor privado e fóruns. "Tudo com objetivo de pensar nos investimentos que podem ser feitos na região. No começo deste ano entendemos que tudo está linkado ao projeto mundial dos objetivos do 'Milênio' e precisamos trazer isso à sociedade e continuar o movimento com projetos que tenham parceria com o público. Para isso criamos metas de desenvolvimento sustentável", explica.

Entre elas está a erradicação da pobreza e da fome, a qualidade de vida, educação de qualidade, igualdade de gênero, água limpa e saneamento, energias renováveis, redução das igualdades. Ao todos serão 17 metas debatidas ao longo de oito meses. Durante o processo serão apresentadas informações por meio de especialistas. Em seguida serão desenvolvidas as ideias que serão finalizadas em um plano de ação.

"Buscamos projetos viáveis e a Adrat funcionará como articuladora. Não queremos vincular à agência, mas sim um grupo com muitas pessoas. Hoje nossa maior dificuldade é a participação social, mas trabalhamos em conjunto para mudar este cenário", completa.

Segundo a diretora financeira da Adrat, Rose Meusburger, a agência já havia colaborado com a divulgação das metas do Milênio - projeto que deve ser concluído até 2030. "As 17 metas vão de encontro com o projeto global. Nele buscamos pessoas, prosperidade, paz, parceria e planeta. Com o Movimento Alto Tietê Sustentável damos continuidade a esta ação e a partir das sugestões buscamos projetos que possam ser desenvolvidos", acrescenta.

O presidente do Rotary Club Suzano, Claudio Rocha, também participou do encontro e adiantou que a iniciativa vai de encontro com os projetos do grupo. "O Rotary está presente em mais de 206 países. Em Suzano temos duas unidades e podemos mobilizar o empresariado para apoiar estas metas", afirma.

Também estiveram no encontro a secretária de Cultura de Guararema, Jussara Zatsuga, o diretor de atividades culturais de Suzano, Geraldo Rodrigues Nascimento, entre outros. Nos próximos dias será escolhida a ordem dos temas a serem discutidos em cada fórum. Guarulhos será a primeira cidade a sediar a reunião. Em seguida está Poá e depois o evento é realizado novamente em Suzano. Para mais informações acesse: www.adrat.org.br ou a página do órgão no Facebook.(P.Q.)

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias