Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sábado 25 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/09/2021
MAGAZINE CAZARINI
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
PMMC REDESCUBRA MOGI - TODA QUINTA
ManArc
PMMC REDESCUBRA MOGI

Mutirão da dengue atinge 1,6 mil residências

11 SET 2016 - 08h01

A Vigilância Sanitária realizou o Mutirão de Combate à Dengue, ontem, no Parque Maria Helena. A previsão é de que 1,6 mil residências tenham sido atendidas para a vistoria de possíveis focos do mosquito. De acordo com o diretor da Vigilância em Saúde, Carlos Ferreira de Aguiar Junior, a campanha foi antecipada para detectar recipientes que podem virar foco nos dias de chuva.

O encontro entre os agentes aconteceu na Escola Estadual Carlos Molteni, na Rua Tereza Clementina Thomazini de Freitas, no Parque Maria Helena. Setenta pessoas trabalharam nas ruas do bairro, sendo 32 duplas e outros agentes responsáveis pela logística do mutirão. Segundo o diretor da Vigilância, cada dupla poderia atender até 60 casas durante o sábado e se necessário até segunda, ultrapassando a meta de 1.600 para até 1.900 residências. "Fizemos o mutirão nos meses de janeiro, fevereiro e março, em bairros como o Badra, o Jardim Imperador e a Vila Amorim. Agora o Estado retornou com a campanha para fazermos antes do período de chuvas", explicou Aguiar Junior. Ele explica que a antecipação da campanha ajuda na prevenção da dengue. "Porque vamos eliminando recipientes que podem acumular água. Se pudermos tirá-los antes que acumule água, eliminaremos bastante a larva".

O Parque Maria Helena foi escolhido porque, assim como o Miguel Badra Alto e Baixo e o Boa Vista, é um dos bairros com maior transmissão da doença. "Acho que a gente vem sentindo a diferença na população agora que a coisa piorou. Temos doenças mais graves como o Zika e a Chikungunya", comentou o diretor. Para ele, isso tem aumentado a conscientização. "Porque quando a pessoa não tem cuidado com seu espaço está prejudicando aquele que está vindo. Atingindo a vizinha que está grávida", explicou. A campanha vai até dezembro. No próximo final de semana o bairro Miguel Badra Alto receberá a visita dos agentes. Aguiar não divulgou quais bairros se seguirão depois. Na primeira edição da atividade, na temporada de 2015 para 2016, foram feitas mais de 14 mil visitas para fiscalizar e orientar a população.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias