Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 31 de março de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/03/2020
COVID
CENTRO MÉDICO
Secretaria de Estado da Saúde Campanha Coronavirus

Número de homicídios salta de 7 para 14 em fevereiro, aponta SSP

Em relação aos latrocínios - roubo seguido de morte -, a região manteve o mesmo dado do ano passado: dois

Por Marcus Pontes - da Região25 MAR 2020 - 21h03
SSP divulgou os dados sobre número de homicídios em fevereiroFoto: Divulgação/SSP
A região fechou fevereiro com uma alta do número de homicídios, em relação aos mesmos dados do ano passado. Subiu de sete para 14, uma elevação de 100%. As estatísticas criminais foram divulgadas, ontem, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). 
 
Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes são as cidades com o maior número de homicídios do Alto Tietê. Unidas, elas têm oito, ou seja, quatro cada. Também integram a lista: Ferraz de Vasconcelos e Suzano, com três assassinatos cada. Apenas as quatro cidades registraram ocorrências de homicídio no último mês.
 
Se for levar em conta exclusivamente dados do ano passado, cinco municípios da região computaram assassinatos: Arujá, Guararema, Mogi e Poá registraram um caso cada. Em 2019, a maior onda de assassinatos de fevereiro foi em Itaquá, com três. 
 
Latrocínio
 
Em relação aos casos de latrocínio - roubo seguido de morte-, a região ficou estável. No ano passado, foram dois assassinatos registrados no 2° mês do ano. Em 2020, o dado continuou o mesmo. 
 
Tentativas de homicídio
 
Outro dado mostra que a região não teve reduções quanto ao número de crimes contra a vida. Por exemplo, as ocorrências computadas de tentativa de homicídio aumentaram 42,86%. O último mês registrou dez casos, contra sete do ano passado.
 
O maior número de casos foi registrado em Mogi. Foram três; mesmo número de 2019. Depois vem Ferraz e Suzano, totalizando duas ocorrências cada. Arujá, Biritiba Mirim e Poá tiveram um atentado contra à vida em fevereiro. A única cidade a não registrar casos deste tipo foi Itaquá. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias