Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 09 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/12/2019
COLÉGIO PLENITUDE
Evatânia Psicopedagoga

OAB de Suzano vai promover palestra sobre Consciência Negra

Presidente da comissão diz que discutir o tema é "necessário para o momento atual do País"

Por Fernando Barreto - de Suzano20 NOV 2019 - 10h03
Palestra vai ser ministrada pela doutora Maria Sylvia Aparecida de Oliveira, na sede da OAB de SuzanoFoto: Sabrina Silva/DS
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Suzano, por meio da sua comissão de Direitos Humanos, vai promover na próxima quarta-feira (27) a partir das 19 horas, uma palestra em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra. A palestra vai ser ministrada pela doutora Maria Sylvia Aparecida de Oliveira, na sede da OAB de Suzano.
 
Maria é presidenta da Geledés - Instituto da Mulher Negra e presidenta da comissão da Igualdade Racial da OAB São Paulo. O tema da palestra da advogada será "Direitos Humanos e Relações Raciais". A entrada é franca e ao final do evento os participantes vão receber um certificado.
 
O presidente da comissão de Direitos Humanos da OAB Suzano, Renan de Lima Franco, conta que a palestra e o evento tem grande importância para a conscientização das pessoas sobre o racismo.
"O racismo ainda está enraizado em nossa sociedade, então é importante discutir o assunto, porque somente assim o problema vai ser combatido", disse o advogado e presidente da comissão.
 
A comissão dos Direitos Humanos em Suzano foi criada esse ano, mas Franco explica que desde o começo de 2019 a comissão tem realizado ações sociais para ajudar a população. O advogado cita momentos que a comissão agiu. 
 
"Em fevereiro juntamos alimentos, junto a diversas redes de supermercado, para doar a famílias atingidas por uma enchente em Suzano. Em março tivemos o caso da Raul Brasil e recentemente mães procuraram a comissão para tentarmos impedir que a Fundação Casa de Ferraz fosse fechada", contou Franco.
 
O advogado conclui dizendo que os Direitos Humanos não estão apenas presentes na defesa de detentos, que na opinião dele também são injustiçados, mas a causa envolve muitos setores.
"Hoje os Direitos Humanos está mal visto, as pessoas acham que envolve soltar presos. Mas a importância que ele tem envolve muitos setores, como acesso à educação, defesa do meio ambiente, não é uma única causa", concluiu.
 
No dia 27, além da palestra, haverá uma exposição de obras de artes feitas por artistas negros, e que faz referência ao Dia Nacional da Consciência Negra. 
 
O evento tem apoio das ONGs: Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Negro Sim, coordenado por Cosmi Alves do Nascimento; Coletivo Anti Racismo Milton Santos, coordenado por Inês da Silveira; e o Cafro, coordenado por Enilda Lúcia Suzart.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias