Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 24 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2020
ERICA ROMÃO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Reisinger Ferreira
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MULTI 2020 NOV
Cidades

Operadora registra 6,9 quilômetros de fios furtados

Em nota, a Vivo informa que de janeiro a setembro de 2020, foram identificadas 14.687 mil ocorrências de furto de cabos em todo o Estado

Por Matheus Cruz - de Suzano25 OUT 2020 - 14h00
Operadora registra 6,9 quilômetros de fios furtadosFoto: Divulgação
Clientes de Suzano que usam os serviços de telefone e internet via cabo ainda sofrem muitos transtornos com o furto das fiações. Os cabos são rompidos por criminosos que na ação, cortam a fiação e retiram o cobre para ser vendido em ferros velhos. Ao andar por algumas ruas de Suzano é notória a quantidade de cabeamentos cortados. Em outros casos o rompimento ocorre por vandalismo ou acidentes.
 
Em nota, a Vivo informa que de janeiro a setembro de 2020, foram identificadas 14.687 mil ocorrências de furto de cabos em todo o Estado de São Paulo. Nesse período, foram furtados 619,9 quilômetros de cabos telefônicos da operadora no Estado. Desse total, 1,11% das ocorrências (163) e 1,11% da metragem (6,9 quilômetros) ocorreram no município de Suzano, afetando 3.966 clientes. 
 
Muitas vezes as empresas colaboram com os órgãos de segurança pública, fornecendo informações que facilitam nas investigações e evita que novas ocorrências ocorram. Os roubos acontecem com maior frequência de madrugada e envolvem artifícios como o uso de carros com adesivos falsos, escadas e até sinalização do local. Para estes casos, a Vivo adota medidas de prevenção, como a instalação de alarmes e colocação de travas nos chassis de caixas subterrâneas que dificultam o acesso daqueles que têm a intenção de cometer um crime.
 
Durante a pandemia, a dependência dos clientes para os serviços de internet e telefone ficaram ainda mais emergenciais, já que grande parte dos profissionais trabalharam na modalidade home-office e estudantes assistiram as aulas no modelo EAD (ensino à distância).
 
As ações de roubo são combatidas com patrulhamento ostensivo de rotina por parte dos serviços policiais, mas os moradores podem contribuir com vigilância usando câmeras de monitoramento que gravam as ações e ajudam na identificação dos criminosos. 
 
A Vivo orienta que ao identificar uma situação suspeita, o morador denuncie a ação, com total sigilo no canal 0800 014 44 44. A ligação é gratuita e funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Também é possível acionar a Polícia Militar para esses casos ligando para o 190. Nos demais casos, a empresa orienta a população a informar sobre irregularidades na rede através do site www.vivo.com.br, além dos canais oficiais no Facebook e Twitter.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias