Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 12 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2019
Evatânia Psicopedagoga
Suzano

Palestra orienta sobre importância do uso racional de medicamentos

Apresentação ‘Medicar ou Remediar’ destacou os perigos da automedicação e da cultura do consumo indiscriminado de remédios atualmente

Por de Suzano25 NOV 2019 - 16h22
Palestra orienta sobre importância do uso racional de medicamentosFoto: Irineu Júnior/Secop-Suzano

O Núcleo de Apoio ao Servidor (NAS) da Prefeitura de Suzano promoveu na manhã desta segunda-feira (25) uma palestra sobre a importância da utilização racional de medicamentos. Com o tema “Medicar ou Remediar”, foram tratados temas como os perigos da automedicação e a cultura do uso indiscriminado de remédios na sociedade contemporânea. 

O evento, realizado no Cineteatro Wilma Bentivegna, contou com a presença da secretária de Administração de Suzano, Cintia Renata Lira, da coordenadora do NAS, Renata Pires, e do palestrante Hugo Medeiros, farmacêutico do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Devir. Na plateia estavam integrantes de várias pastas municipais e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). 

A palestra, com duração de 1h30, analisou algumas das práticas mais comuns e, em alguns casos, equivocadas no consumo dos medicamentos. Dentre eles estão a utilização de remédios com nomes semelhantes, mas com princípios ativos diferentes, a venda realizada de forma ostensiva em farmácias e drogarias e a necessidade de acompanhamento na redução gradual em alguns tratamentos para evitar efeitos colaterais. 

Também foi tratado o tema da automedicação e seus perigos, principalmente em casos de medicamentos de uso controlado. Além do risco de fortalecimento de doenças com o consumo irregular, o acompanhamento médico para psicotrópicos e antidepressivos é fundamental para a garantia do bem-estar dos pacientes. 

Ao final, foi debatida a questão da “medicalização da vida”, onde a utilização indiscriminada de remédios, principalmente os que atuam no sistema nervoso, acaba por comprometer a qualidade de vida da população. “Atualmente, cada situação difícil pela qual nós passamos tem um medicamento, para dormir, para acordar, para superar dificuldades no trabalho, no aprendizado, e isso acaba por ser tudo que é contra o uso racional: o medicamento certo, utilizado da maneira correta, na hora, na quantidade e por um período adequado e recomendado”, explicou Medeiros. 

Em sua fala, a secretária municipal de Administração ressaltou que o tema é extremamente importante para o dia a dia das famílias. “A falta de informação correta, muitas vezes obtida apenas pela internet, aliada à cultura do uso de remédios para todos os problemas, pode causar efeitos prejudicais para todos”, disse Cintia. 

Laço Branco

O NAS da Prefeitura de Suzano realizará em conjunto com a Cipa uma última palestra no mês de dezembro para a campanha do Laço Branco, voltada para o público masculino pelo fim da violência contra a mulher. Ao longo do ano, o grupo também realizou apresentações sobre saúde auditiva e ações com o Sistema de Atendimento Especializado e a Central de Testagem e Acompanhamento (SAE/CTA). 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias