Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 03 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2020
ERICA ROMÃO
GOLDSTAR
Reisinger Ferreira
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro

Parceria garante investimento de R$ 4,9 mi em remédios e ambulâncias

25 NOV 2015 - 07h01

O prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB) firmou ontem uma parceria com os vereadores da base para definir a destinação de emendas parlamentares da Lei Orçamentária Anual (LOA), para a compra de cinco ambulâncias, medicamentos e insumos médicos, totalizando um investimento de R$ 4,9 milhões. A peça orçamentária tem previsão para ser votada hoje.

Cada vereador destinará 100% do valor de emenda, o equivalente a R$ 350 mil, para o custeio da saúde no município. A parceria foi firmada na presença do chefe do Executivo, além do secretário-adjunto de Saúde, Romero Lima; e dos secretários de Governo, José Raimundo Araújo Diniz; e de Comunicação Institucional, Valdir da Silva Alves, o Sabiá. A administração explicou que o objetivo é unir forças para suprir a grande demanda existente e combater com investimentos diretos a falta de materiais para a manutenção do sistema de saúde, uma vez que por conta da crise financeira, a prefeitura fica impossibilitada de suprir a demanda nas unidades de saúde.

O prefeito comemorou a decisão conjunta. Segundo ele, a destinação dos recursos mostra o empenho da administração municipal para sanar o problema da falta de recursos para manter um serviço de saúde eficaz. "O Brasil como um todo está sendo prejudicado com a recessão financeira e em Suzano não é diferente. Mesmo assim, enxugamos os gastos, economizamos e queremos utilizar de todos os recursos para investir em remédios e equipamentos. Essa parceria com a Câmara vai nos ajudar a atender da melhor forma possível a população".

O presidente da Câmara, Denis Cláudio da Silva (DEM), o Filho do Pedrinho do Mercado, enalteceu o empenho dos vereadores em dar prioridade para a saúde. "Foi muito importante essa sensibilização dos parlamentares para com a saúde e temos certeza de que esses investimentos serão bem empregados e trarão grandes resultados", disse. "Tomamos essa decisão porque cada vereador tem o direito de apresentar até duas emendas municipais ao orçamento. Pela lei, para a Saúde seria obrigatório 50%, porém, entramos em entendimento de que essa área é uma das principais da cidade que precisam de melhorias. Nós, vereadores da base, estamos apoiando a Prefeitura para resolver o problema da Saúde, porque precisamos de remédios nos postos de saúde o quanto antes".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias