Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 05 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 05/12/2020

Parque Cerejeira fica cinco dias sem água

09 JAN 2016 - 07h01

Os moradores do Parque Cerejeira, no Distrito de Palmeiras, ficaram cinco dias sem água. A comunidade dos Três Paus possui residências regulares e é abastecida por caminhões-pipa da Prefeitura, já que a localidade não possui água encanada da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Quando a reportagem esteve no local houve a entrega de água.

"Mãe, eu quero um balde de água bem grande para eu tomar banho". Essa foi a frase de uma das crianças do Parque Cerejeira, que ajudava os pais a encher os baldes. De acordo com os moradores, larvar roupa, louça e outras utilidades com a água tiveram que ser adiadas devido a falta de abastecimento. Até mesmo o banho ficou escasso. "Na minha casa somos em seis pessoas. Imagina tudo isso de gente dividindo um balde de água para o banho", relatou a moradora da Rua Ângelo Renzi, Ester Bispo dos Santos, de 42 anos.

A caixa d'água de cinco mil litros foi instalada nesta via. "A água no poço é imprópria para beber e cozinhar e temos que esperar. Além disso, essa caixa d'água está com a tampa quebrada e dentro tem mosquito. Após ser colocada na caixa, temos que limpar a água que recebemos', explicou Marineide Rosa da Conceição, de 35 anos..

O aposentado José Mario de Miranda, de 78 anos, conta que os vizinhos tentaram saber o motivo da falta de entrega de água. "Não tivemos nenhuma resposta. Eles informaram que tínhamos que falar com o responsável pelo setor que nunca estava lá", explicou

Adilson Antonelli, de 53 anos, também comentou o assunto. "O correto seria recebermos a água de três em três dias, mas isso não acontece. Aliás, frequentemente acontece essa demora para receber a água", explicou.

A Prefeitura informou, por meio de nota, que o caso se trata de um problema pontual e isolado, já que o veículo que abastece o bairro precisou passar por manutenção. Além disso, ressaltou que o abastecimento já foi normalizado. (R.J.)

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias