Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/09/2020
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO

Parque Max Feffer é alvo de vandalismo três vezes em 10 dias

11 FEV 2016 - 07h00

O Parque Max Feffer foi alvo de vândalos três vezes nos últimos dez dias. A última ação ocorreu na noite de terça-feira, quando um grupo de meliantes que se encontram constantemente nas dependências do parque arrombaram portas, quebraram fechaduras e cadeados extremamente reforçados. A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer, registrou Boletim de Ocorrência (B.O.).

Além do estrago com o patrimônio público, os bandidos levaram cadeiras, ventilador, além de objetos de escritório. Frenquentadores do parque afirmaram que mais de 15 jovens nitidamente alterados entraram na piscina e destruíram equipamentos de manutenção e limpeza.

O secretário titular da pasta, Emerson Taboada de Faria, o Maria do Lava Rápido, lamentou mais uma vez dizendo que além dos percalços da falta de recursos para dar uma estrutura ainda maior para o espaço, os próprios funcionários do Esporte se mobilizam mensalmente para cobrir os prejuízos causados por vândalos como compra de fechaduras, ferro e demais materiais de segurança.

"Ficamos extremamente perplexos e tristes com a ousadia e a falta de sensibilidade desses meliantes, uma vez que os danos vão diretamente para a população. Essa série de roubos consecutivos mostra a despreocupação desses bandidos, mesmo nós mobilizando grande contingente dos funcionários para vigiarem o espaço no maior tempo possível", lamentou Maria.

Por conta de mais um caso de vandalismo, a Secretaria de Esportes já solicitou o apoio da Polícia Militar (PM) e da Guarda Civil Municipal (GCM) para reforçarem a segurança no local.

ANO PASSADO

Em 2015, também foram registrados atos de vandalismo no parque municipal. Uma das ações de vandalismo aconteceu em julho, quando vândalos quebraram a parede do pavilhão roxo e retiraram as madeiras das mudas que dão sustentação para o crescimento das árvores. O outro aconteceu no início de agosto, quando foram quebrados vândalos boa parte dos brinquedos e também alguns aparelhos de ginástica.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias