Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv
Suzano

Plano Diretor prevê duplicação das avenidas Jorge Bei Maluf e Mário Covas

Além disso, o documento prevê a criação de novas rotas e ampliação do sistema viário da cidade

Por Lucas Lima - De Suzano15 NOV 2017 - 10h37
Duplicação de avenidas está prevista no Plano DiretorFoto: Bruna Nascimento/Divulgação
As duplicações das avenidas Jorge Bei Maluf, no sentido Mogi das Cruzes, e da Mário Cova, a saída da Alça do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), estão previstas na revisão do Plano Diretor de Suzano. Além disso, o documento prevê a criação de novas rotas e ampliação do sistema viário.
 
A informação foi divulgada pelo secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Elvis José Vieira, em entrevista ao jornalista Ayl Marques, na rádio SP/RIO 101.5 FM.
 
Segundo ele, Suzano precisa de novos caminhos de acesso no trânsito. "A medida visa melhorar a mobilidade tanto da cidade quanto da região. A duplicação da Avenida Mário Covas é uma delas, que já está em discussão dentro do Plano Diretor, e queremos criar novas alternativas de rotas. A ligação da Avenida Fittipaldi para o Miguel Badra também, além da expansão da Avenida Senador Roberto Simonsen e outros caminhos em todas as regiões da cidade que contribuirão para esse benefício". 
 
Em relação à saída da alça do Rodoanel, o secretário acredita que a cidade conquistará muitos pontos positivos. Entre eles estão maior concentração de recursos, mobilidade ágil e fácil. "Não só Suzano, mas a região vai ganhar. O Plano Diretor incentiva de alguma forma que a alça será um pólo de logística para a cidade, onde garantirá mais recursos, impostos e gerará empregos. Leva em consideração redução de locomoção, recursos ficam na cidade, e tudo isso favorecerá a região. Garantirá mais mobilidade, produtos que chegam e saem conseguirão ter uma mobilidade mais ágil". 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias