Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 11 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/08/2020
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO
Pmmc Mutirão da Catarata
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ALEITAMENTO MATERNO
PMMC ECOTIETÊ

Postos de saúde de Suzano vacinam contra o sarampo até 31 de agosto

De bebês de seis meses a adultos de 29 anos, é necessário verificar a necessidade na caderneta; já pessoas de 30 a 49 anos, todas devem receber uma dose

Por De Suzano21 JUL 2020 - 09h44
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são dois públicos-alvo distintos na campanha de vacinação contra o sarampoFoto: Wanderley Costa/Secop Suzano

Quem ainda não foi vacinado contra o sarampo pode procurar um dos 24 postos de saúde de Suzano até 31 de agosto, data prevista para o término da segunda fase da campanha. Não há meta de cobertura a ser alcançada, mas estima-se que cerca de 80 mil tenham que ser imunizadas na cidade.

Para receber a dose da tríplice viral (SCR) – que também protege contra caxumba e rubéola – basta comparecer a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou de Saúde da Família (USF) com caderneta de vacinação e um documento pessoal, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15h30. Dois bairros ainda têm postos que prestam atendimento até as 20 horas: Jardim Maitê (terças-feiras) e Jardim Europa (segundas e quartas-feiras).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são dois públicos-alvo distintos na campanha de vacinação contra o sarampo. Na faixa entre bebês de seis meses e adultos de 29 anos, é necessário verificar a caderneta na hora no posto e aplicar a dose se estiver faltando alguma.

O outro grupo é de pessoas com idade no intervalo de 30 a 49 anos. Neste caso, todos devem ser imunizados, independentemente das doses anteriores que tenham recebido. “O motivo desta medida está no fato de que é nesta faixa etária que mais estão ocorrendo casos de sarampo no Brasil. São cerca de 80 mil pessoas nessas condições em Suzano, mas ainda não temos nenhuma meta estipulada a ser alcançada”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Maria Cristina Perin.

Atualmente, todas as UBSs e USFs do município têm doses à disposição para a população. Até o momento, não foi programada nenhuma data de mobilização especial, o “Dia D”, nem mesmo está prevista alteração nos horários de rotina de atendimento nos postos. Outras informações pelo telefone (11) 4745-2035.

Doença grave

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o contágio é pela vacina.

Em até cinco dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após isso, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de cinco anos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias