Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 16 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/09/2019
Centerplex 12/09 a 18/08
PMMC CIAS
Paisagismo

Praça Sol Nascente e Marginal do Una recebem plantio de 200 cerejeiras

Ao todo, 200 mudas foram doadas por produtores de Santa Catarina; todas deverão ser plantadas ainda nesta semana por servidores e voluntários de entidades

Por de Suzano27 AGO 2019 - 12h08
Praça Sol Nascente e Marginal do Una recebem plantio de 200 cerejeirasFoto: Mauricio Sordilli/SecopSuzano

A Praça Sol Nascente e a avenida Governador Mário Covas Junior, a Marginal do Una, começaram a receber nesta segunda-feira (26) o plantio de 200 árvores de cerejeira do tipo “Sakura Yukiwari Zakura”. As mudas foram doadas por uma família oriental de Santa Catarina que teve passagem por Suzano na década de 1960. Elas já estão com cerca de 2,5 metros de altura e devem ornamentar a área nos próximos três anos.

O plantio é realizado por servidores da Secretaria Municipal de Governo e por voluntários da Associação Cultural Esportiva Agrícola Suzano (ACEAS Nikkey) e da Casa de Repouso Suzano, com acompanhamento e apoio do Viveiro Municipal Tomoe Uemura, por meio do assessor estratégico Márcio Alexandre de Souza.

A ação deve ser finalizada ainda nesta semana. No período da manhã, a Praça Sol Nascente já tinha recebido 20 mudas. Já no início da tarde, o trabalho havia começado ao longo da pista sentido centro da Marginal do Una. 

As mudas de cerejeira foram cultivadas há pelo menos quatro anos na cidade de Frei Rogério (SC), onde a família reside atualmente. Elas teriam um custo total de R$ 12 mil. Mas, de acordo com o assessor da Secretaria de Governo, Artur Takayama, a família quis retribuir a hospitalidade suzanense durante os anos em que viveu no município e fez a doação. Ainda segundo ele, o transporte das plantas até Suzano também foi realizado por parceiros voluntários. 

O prefeito Rodrigo Ashiuchi acompanhou o início da ação na Vila Sol Nascente e agradeceu a homenagem e a lembrança a Suzano. “É com grande satisfação que recebemos esta cortesia. Fico muito feliz em saber que o município marcou o coração desta família. Plantar histórias é gratificante. Em três anos as cerejeiras estarão floridas e harmoniosas na paisagem, sendo mais um cartão-postal para nossa cidade”, disse. Até o plantio, as mudas ficaram aos cuidados da equipe do Viveiro Municipal Tomoe Uemura.

No local escolhido, as árvores estão sendo dispostas em uma distância de pelo menos quatro metros umas das outras. A cerejeira tem um porte médio, crescendo até cerca de seis metros de altura, com floração decorativa prevista sempre para os meses de setembro e não requer podas. A “Sakura” representa felicidade, sendo que a efêmera vida da flor de cerejeira é simbolicamente associada às jornadas dos samurais.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias