Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 06 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 05/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO
Combustível

Preço do etanol sobe, em média, 6,6%; alta de gasolina é de 2,3%

DS visitou postos de combustíveis de Suzano e constatou que, em alguns casos, alta do etanol chega a 10,1%

Por Daniel Marques - de Suzano14 JAN 2020 - 22h00
Preço da gasolina subiu, em média, 2,3% no mesmo período. DS consultou postos na cidadeFoto: Regiane Bento/Divulgação
Levantamento feito pelo DS aponta que o etanol sofreu aumento médio de 6,6% de 1° a 14 de janeiro de 2020. A gasolina subiu, em média, 2,3% no mesmo período. Em uma unidade da rede Ipiranga, que fica dentro do Atacadão da cidade, por exemplo, o reajuste no litro do etanol chega a 10,1% em duas semanas.
 
Entre todos os postos consultados, esta unidade foi a que mostrou maior diferença do início do ano até hoje. O litro do etanol custava R$ 2,67 no primeiro dia de 2020. Na manhã de ontem, o valor era de R$ 2,94, representando aumento de R$ 0,27 centavos. A reportagem constatou que os aumentos foram mais significativos no etanol, variando de 3,3% para 10,1%.
 
A alta no valor dos combustíveis ocorre por conta do aumento no preço do barril de petróleo, ocasionado pela onda de tensão entre Estados Unidos e Irã após a morte do militar iraniano Qasem Soleimani, na última sexta-feira, 3. Com o aumento no valor da gasolina, muita gente que possui carro flex (que aceita mais de um tipo de combustível) está recorrendo ao etanol.
 
"Geralmente, os clientes dizem que o valor está aumentando de novo, e reclamam por isso. Alguns culpam o confronto entre Estados Unidos e Irã", afirma o líder de pista do posto Ipiranga que fica dentro do Atacadão, Alex Melo, 30.
 
No local, a gasolina sofreu reajuste de R$ 0,10 centavos, passando de R$ 4,17 para R$ 4,27 neste ano. Melo diz que o movimento continua igual, apesar do aumento. Ele conta que as pessoas estão tendo que abastecer mais vezes. "Como houve aumento, a quantidade de combustível é menor, e acaba mais rápido".
 
"As pessoas reclamam. Sabemos que é terrível, porque a gente usa carro. Mas quem tem o carro flex, tem procurado mais o álcool", afirma o encarregado de um posto da rede Shell no Centro, Ronaldo Avelino de Brito. Na última semana, o etanol sofreu aumento de R$ 0,20 centavos, enquanto a gasolina subiu R$ 0,15 centavos na unidade. Agora, o litro do etanol custa R$ 3,19, enquanto o da gasolina está R$ 4,59. "Tivemos uma queda no fluxo de clientes no começo, mas, como a qualidade do combustível é boa, não tivemos problemas", conta o encarregado.
 
Jerusa Almeida é gerente de um posto da rede BR, localizado na Rua Baruel. Ontem, a gasolina sofreu reajuste de R$ 4,29 para R$ 4,39, enquanto o etanol saltou de R$ 2,99 para R$ 3,09. Em outro posto da mesma rede, localizado próximo ao Atacadão, o etanol está saindo por R$ 3,24 e a gasolina por R$ 4,56.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias