Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 01 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/11/2020
ERICA ROMÃO
Reisinger Ferreira
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
GOLDSTAR
GOLDSTAR

Prefeitos vão propor ao Estado ligação entre SP-66 e Radial Leste

18 SET 2015 - 08h01

Os prefeitos do Alto Tietê vão solicitar a Secretaria de Estado de Logística a ligação da Rodovia Henrique Eroles (SP-66), que corta diversas cidades da região, a Radial Leste. O projeto executivo está em fase final de conclusão. O anúncio foi feito ontem durante reunião do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, na Câmara de Itaquaquecetuba. Inicialmente, o projeto de ligação entre as duas vias era chamado de Perimetral da Copa (já que a intenção era finalizar a obra antes do Mundial de Futebol) e fez parte da Agenda Metropolitana do governo do Estado.

De acordo com o prefeito e presidente do Condemat, Marco Bertaiolli (PSD), a ligação, por meio de Mogi das Cruzes até o final da Radial, no Parque das Indústrias, em São Paulo, será proposta durante reunião com o secretário estadual de Logística, Duarte Nogueira. "O assunto foi abordado pelo prefeito de Ferraz, Acir Filló (PSDB), durante o encontro. Vamos solicitar uma rodada de reunião com Duarte Nogueira para tratarmos deste assunto", adianta.

Bertaiolli explica que ele juntamente com os prefeitos que tiverem interesse participarão de um encontro específico com a pasta de Logística para tratar do tema. "Falaremos sobre a ligação da Radial Leste com SP-66 que nos abastece, ali tem um quilômetro de distância, o que resolveria todo o trânsito da nossa região com o acesso de Mogi até o final da Radial".

Pelissioni completou quando participou de uma reunião em Mogi (2012), com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), foi solicitada a contratação do projeto executivo. "Sei que o projeto está próximo de ser concluído, mas evidentemente essa questão rodoviária e de vias urbanas terá que ser tratada com o atual secretário de Logística".

PROJETO

Segundo Bertaiolli, este assunto, debatido desde 2012, continua como prioridade do Condemat. Para se ter uma ideia, com a implantação do corredor metropolitano, as cidades de Ferraz de Vasconcelos, Itaquá, Poá, Suzano e Mogi terão o trânsito local desafogado.

Isso porque com a intervenção, a Avenida Jorge Bey Maluf, em Suzano, será alargada e novos trechos serão construídos em outras cidades, além da continuação da Avenida Guilherme Giorgi, em Mogi. Inicialmente, o projeto estava orçado em R$ 226 milhões.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias