Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 04 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
GOLDSTAR
Reisinger Ferreira
ERICA ROMÃO

Prefeitos vão se reunir com Alckmin para mostrar ações e fazer solicitações

13 JAN 2016 - 07h01

Os prefeitos que compõem o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) devem ser reunir com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), nos próximos dias, para apresentar um balanço das ações desenvolvidas em 2015 e fazer novas reivindicações ao tucano. A medida foi anunciada ontem, durante assembleia geral do grupo, no primeiro encontro deste ano, em Suzano.

Segundo o presidente do consórcio e prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), a reunião terá como objetivo avaliar as solicitações feitas ao Estado e levantar uma nova pauta de projetos e investimentos para este ano. O Condemat já solicitou o encontro e aguarda retorno do governo. "Já marcamos a pré-agenda com o governador para que possamos apresentar a ele um balanço dos encontros que tivemos com cada secretário ao longo de 2015. O encontro deve acontecer nos próximos dias", detalha.

Bertaiolli adianta também que todos os prefeitos saíram do encontro de ontem incumbidos de organizar pelo menos um item de prioridade a ser apresentado ao tucano. "Hoje (ontem) iniciamos uma nova jornada. Entre os objetivos para a gestão de 2016 está a pauta com o governador. Cada cidade deve apontar pelo menos uma prioridade para ser concluída neste ano", assegura.

O prefeito de Suzano, Paulo Tokuzumi (PSDB), acrescentou que solicitará ao governador o início das obras de desassoreamento do Rio Tietê. "O rebaixamento da calha do Rio Tietê, que hoje se encontra com aproximadamente dois metros, é fundamental para a macrodrenagem da cidade e a regularização de diversos córregos na região, que em períodos de chuva transbordam. Além disso, com a retirada do lodo acumulado no fundo do rio, a oxigenação da água aumentará".

Ainda segundo ele, será reforçado o pedido para conclusão das obras de implantação de coletores-tronco, interceptores de esgoto e adaptações da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município. "Temos também a questão do contrato da interligação do emissário de tratamento de esgoto, que passa por Suzano, Itaquaquecetuba, Poá e Ferraz de Vasconcelos. O contrato chega ao fim hoje (ontem), e a obra está sendo paralisada".

Esta também será uma reivindicação do prefeito de Poá, Marcos Borges (PPS). "Vamos trabalhar a questão do encerramento do contrato com a empresa Heleno & Fonseca que faz o trabalho de transporte do esgoto de Ferraz, Itaquá, Poá e Suzano", completa.

Além disso, Borges deve solicitar mais auxílio do Estado para conter as recorrentes enchentes que atingem a cidade. "Nossa prioridade são os alagamentos. Precisamos de ajuda para tentar minimizar o máximo estas situações. Todos os dias de manhã recebemos o relatório da Defesa Civil sobre a quantidade de chuvas que deve cair no município e no último final de semana formos surpreendidos", revela.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias