Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Presidente da CPTM volta a Suzano e mantém data de entrega da estação

05 FEV 2016 - 07h01

Sete dias após vistoriar as obras da nova estação de Suzano, o presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Paulo de Magalhães, voltou a visitar ontem o local. Como na semana passada, ele não deu uma data específica para a entrega da primeira parte da estação, mas voltou a afirmar que acontecerá neste mês. Segundo ele, a inspeção realizada na tarde de ontem teve por objetivo acompanhar a finalização dos trabalhos da primeira fase da obra. A data de finalização dos serviços já foi adiada nove vezes.

"Acompanho de perto os trabalhos para entregarmos a obra no prazo esperado. As vistorias não aceleram a obra, mas monitoramos para ver se o estipulado foi concluído e foi o que aconteceu", explica.

Nesta semana foram concluídos o acesso, implantação das escadas rolantes, elevadores e outras instalações. Contudo, a obra que custou cerca de R$ 46 milhões ganhará catracas usadas e, de acordo com o presidente, não há a necessidade de adquirir novos equipamentos, uma vez que a companhia possui os aparelhos.

Para entregar às obras neste mês e abrir a estação à população, Magalhães adianta que os operários trabalharão durante o Carnaval. Ainda segundo ele, os nove atrasos na entrega do equipamento foram ocasionados em decorrência de desapropriações e trâmites burocráticos. "Não aceitamos atrasos ou coisas do tipo, mas entendemos que não temos o poder de decidir todos os aspectos relacionados à obra".

Hoje será feita vistoria do Corpo de Bombeiros nos equipamentos contra incêndio. Ontem, a Companhia Ambiental de São Paulo (Cetesb) emitiu a licença de operação para que a estação possa funcionar. Magalhães destacou que este é um procedimento comum e necessário, uma vez que as obras atingiram mais de 90% de conclusão. Já a entrega total da obra, prevista para o final deste ano, segue sem data definida.

A secretária de Obras e Infraestrutura, Carmem Lúcia Lorente, a Carminha, acompanhou a vistoria e disse que o cuidado com o andamento dos trabalhos é fundamental na execução de obras. "Sabemos da complexidade desse projeto, são muitas intervenções. Acompanhamos e torcemos para que a estação seja inaugurada o quanto antes".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias