Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 19 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2021
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
ManArc
MAGAZINE CAZARINI
PMMC REDESCUBRA MOGI
CREA-SP
Cidades

Programa Dignidade Íntima vai atender 70,6 mil alunas na região

Ação visa auxiliar as estudantes em idade menstrual e em situação de vulnerabilidade social

Por Matheus Cruz - de Suzano24 JUL 2021 - 23h58
Programa Dignidade Íntima vai atender 70,6 mil alunas na regiãoFoto: Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Cerca de 70.655 alunas em idade menstrual (12 a 18 anos), matriculadas em escolas estaduais do Alto Tietê, poderão ser atendidas pelo programa Dignidade Íntima. 
 
A ação visa atender as estudantes em situação de vulnerabilidade social através de doações de produtos de higiene menstrual, como absorventes. 
 
Segundo a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), em todo o estado, serão investidos R$30 milhões para a ação, que deve beneficiar 1,3 milhão de estudantes em idade menstrual. Para isso, a verba será disponibilizada pelo Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE-SP), que nos últimos dois anos destinou ao Alto Tietê mais de R$62 milhões em recursos do programa. 
 
Nesta ação, os protocolos do programa de distribuição possuem como principal diretriz a garantia da privacidade e cuidado, além de criar canais de atendimento às alunas que mais precisam. 
Para se ter ideia de importância do programa, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 1 entre 10 meninas no mundo sofrem com o impacto da pobreza menstrual na vida escolar. No Brasil, estima-se que esse número seja 1 em 4. Em 2014, a ONU reconheceu o direito à higiene menstrual como uma questão de direito humano e à saúde pública. 
 
Na semana passada, a doação de absorventes íntimos atendeu as escolas da rede municipal da capital paulista. A ação do governo estadual contou com a parceria da empresa Procter & Gamble e 500 mil absorventes foram doados. 
 
A ocasião contou com a presença do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes; da diretora de Relações Governamentais e Políticas Públicas Procter & Gamble, Daniela Rios e do secretário estadual da Educação Rossieli Soares, que comentou sobre o projeto. 
 
"Na rede estadual quando lançamos o Dignidade Íntima foi uma quebra de tabu para nós, para nossas equipes e para nossas escolas, apesar de alguma delas já estarem fazendo essa distribuição, e estar hoje aqui com a prefeitura de São Paulo, uma das maiores do mundo, colocando isso em pauta é um grande prazer e um grande orgulho", declarou Rossieli Soares. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias