Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Próximo prefeito vai administrar orçamento de R$ 673 milhões

29 ABR 2016 - 08h01

O próximo prefeito de Suzano terá um orçamento previsto de R$ 673,655 milhões para administrar o município no próximo ano. A informação foi divulgada ontem pela Secretaria de Planejamento e Gestão Financeira, durante a audiência pública que apresentou o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que será protocolado hoje na Câmara. A previsão orçamentária é 1,4% maior que Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2016, de R$ 664,340 milhões.

As secretarias de Educação e Saúde são as que receberão o maior montante do orçamento. De acordo com a previsão são R$ 160,316 milhões destinados à Educação e R$ 141,931 milhões para a Saúde. Os valores por secretaria, apresentados ontem, ainda não passaram pelo reajuste inflacionário e podem ser alterados. O valor total do orçamento já foi reajustado. De acordo com o diretor de planejamento financeiro, William Nakamura, a Educação tem a maior folha de pagamento da Prefeitura. "A folha de pagamento da Educação é muito maior do que a da Saúde. Temos quase cinco mil funcionários da Prefeitura e desses, cerca de 2,5 mil são funcionários da Educação. Por conta disso, temos uma folha bem maior para a secretaria", explicou Nakamura.

De acordo com o diretor da pasta, cerca de R$ 400 milhões do orçamento são do governo federal e estadual. "Quase R$ 400 milhões são receitas de transferência da União e do Estado, vindo da participação dos municípios, do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Essas receitas temos como base as despesas orçamentárias do Estado, usamos como um parâmetro. A gente vê pelo Estado que não há um crescimento grande na arrecadação. Está baixo a inflação", divulgou.

Durante a reunião também foi divulgado o crescimento do ICMS de Suzano, que, em 2015, arrecadou R$ 166 milhões, sendo que o esperado para até o final deste ano é de R$ 178,6 milhões. Um crescimento 7,6%, menor que a inflação do ano. Para 2017, o estimado é de R$ 181,9 milhões, um aumento de apenas 1,8%. "Tivemos um crescimento muito abaixo da inflação. Em 2015, a inflação foi de 10%. A receita corrente cresce, mas não de acordo a inflação. Quando tempo inflação temos que dar o reajuste a todos os serviços", explicou sobre a dificuldade do município.

A Câmara deve realizar a audiência pública até julho para aprovar a lei, que será reavaliada para a conclusão da Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser apresentada até dia 30 de setembro.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias