Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

PT confirma Derli candidato a prefeito e coligação com PSOL

Petistas também oficializaram a chapa proporcional com 29 candidatos

Por de Suzano14 SET 2020 - 22h40
Convenção do PT foi realizada no domingo e confirmou Derli como candidatoFoto: Reprodução
O Partido dos Trabalhadores (PT) de Suzano oficializou neste domingo (13) o nome de Derli Dourado como candidato a prefeito do partido durante a convenção municipal que, devido à pandemia da Covid-19, ocorreu de forma virtual por meio da plataforma Zoom. Na convenção os petistas confirmaram a coligação majoritária com Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), o nome do professor Luciano Castilho – indicado pelo PSOL – como candidato a vice-prefeito.
 
Também foi definido o nome da coligação majoritária como “Frente de Esquerda pela Democracia” e oficializada a chapa proporcional do PT que conta com 29 nomes, sendo nove candidatas a vereadora e 20 candidatos a vereador – respeitando a paridade exigida pela legislação vigente.
 
Oficializado na convenção como candidato a prefeito do PT Suzano, Deli Dourado reforçou a importância da coligação com o PSOL e falou do desafio de levar a mensagem de luta e esperança à população suzanense.
 
“Meu papel e também do nosso vice, que será o professor Luciano Castilho, será fazer chegar a toda população a nossa mensagem e convencer do nosso projeto que na verdade não é nosso, é o projeto da população que mais precisa”, disse Derli Dourado.
 
Para o presidente do PT Suzano, Valterson Mengalli, foi uma convenção representativa e que marca a unidade interna e da esquerda na cidade. “Com muito esforço construímos uma chapa de candidaturas a vereador e vereadora que representam várias regiões da cidade e tem atuação nos mais diversos segmentos e lutas como das mulheres, da população LGBTQIA+, de combate ao racismo e à intolerância religiosa, da educação, da saúde, da moradia, da juventude, do movimento sindical entre outras”.
 
PSOL
 
Indicado pelo PSOL para vaga de vice-prefeito na coligação, o professor Luciano Castilho também acompanhou a convenção do PT e destacou a importância dessa unidade entre os dois partidos de esquerda. “Esse é um momento impar para unirmos a classe trabalhadora”, disse.
 
O professor Fábio Torres, que retirou sua pré-candidatura a prefeito pelo PSOL para viabilizar a coligação com o PT também participou da convenção petista neste domingo. “Essa coligação foi possível porque a realidade mudou então nós do PSOL entendemos que Brasil é outro, estamos vivendo um momento em que o neofascismo ganhar força e isso não é só no Brasil, mas no mundo”. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias