Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv
Fogo

Alto Tietê registra 364 focos de queimadas neste ano; número é 49,5% menor que 2016

Os dados são referentes a Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Salesópolis, Guararema, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos

Por De Suzano15 SET 2017 - 14h00
Número de queimadas, em oito cidades da região, caiuFoto: Sabrina Silva/Divulgação
O número de queimadas, em oito cidades da região, caiu 49,52% entre janeiro e agosto do ano passado e o mesmo período deste ano. De acordo com o 17º Grupamento de Bombeiros de Mogi das Cruzes, em 2017, foram computados 364 casos. Em 2016, foram 723 ocorrências.
 
Os dados são referentes a Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Salesópolis, Guararema, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos.
 
A cidade mogiana lidera o ranking regional, com 160 registros de incêndio em mata neste ano. O número é 50,92% menor do que o computado no ano passado, quando houve 326 casos. O segundo maior número da região é de Guararema, com 62 ocorrências computadas em 2017 e 113 casos no ano passado. Uma queda de 45,13%. No ano passado, as duas cidades ocuparam as mesmas posições no ranking.
 
Na terceira colocação neste ano está Suzano, com 57 queimadas registradas. O número é 29,63% menor do que o computado no ano passado, quando houve 81 casos. Em 2016, a cidade era a quarta colocada no ranking regional. Ficava atrás de Itaquaquecetuba, que computou 109 registros em 2016. Neste ano, porém a cidade teve uma queda de 63,30% e registrou 40 ocorrências. 
 
A maior diminuição no período de um ano foi em Poá. A cidade computou queda de 82,86%, com 35 queimadas no ano passado e seis neste ano. Ferraz de Vasconcelos teve diminuição de 13,51%, com 32 ocorrências neste ano e 37, em 2016. Além disso, Biritiba Mirim computou queda de 68,75%, com cinco casos, em 2017, e 16, no ano passado. Salesópolis também teve menor número de queimadas (-66,67%), com duas queimadas registradas neste ano e seis, em 2016.
 
SETEMBRO
Os Bombeiros também divulgaram os casos destes primeiros 14 dias de setembro. As cidades registraram até o momento 63 queimadas. Destes, 23 aconteceu em Mogi, 12 em Guararema, 12 em Suzano, 10 em Itaquá, quatro em Ferraz e dois em Poá. Até ontem, 427 casos eram registrados neste ano. No ano passado inteiro, foram contabilizados 925 queimadas em vegetação. 
 
MESES
Em 2017, o mês de julho contabilizou o maior número de ocorrências, com 147 queimadas; seguida de agosto, com 81 casos. No ano passado, julho também teve a maior quantidade de casos, com 221 ocorrências; seguida de abril, com 188 queimadas.
 
Com relação aos meses com menor número, neste ano, estão janeiro e maio, com nove registros cada. Em 2016, janeiro e março computaram os menores registros, com 16 e 17 ocorrências, respectivamente.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias