Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 11 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/04/2021
Sec de Governo -  CORONAVIRUS - VACINA CONTRA A FOME
Magic City
CENTRO MÉDICO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Recapeamento na Rua Baruel é paralisado por conta das chuvas

24 MAI 2016 - 08h00

Os trabalhos de recapeamento da Rua Baruel estão paralisados desde o final de semana. O motivo seria as fortes chuvas ocorridas nos últimos dias, que atingiu todo o Alto Tietê. A Prefeitura de Suzano informou que a última etapa realizada foi à retirada do asfalto próximo à Avenida Paulo Portela. Quando parar de chover serão iniciados os trabalhos de pavimentação.

A paralisação preocupa os suzanenses que temem que as obras não sejam finalizadas a tempo. Comerciantes e moradores cogitam ainda a possibilidade de que o recapeamento seja iniciado definitivamente próximo a data final de entrega.

Para a monitora escolar Sandra Abenza Pereira, a expectativa dela é de que as obras sejam iniciadas ainda nesta semana. Isto porque haverá um feriado na quinta-feira. Ela questionou ainda se o recapeamento nas vias - Baruel, Benjamin Constant e General Francisco Glicério - é necessário, uma vez que há uma grande quantidade de ruas do município carecendo da manutenção na pavimentação.

"Espero que seja bem feito (recapeamento). E que depois faça em todos os lugares porque pessoas que chegam à cidade caem em um buraco a cada quilômetro rodado", criticou.

As mudanças por causa das obras de recapeamento não alteraram a rotina de uma parcela dos comerciantes. A auxiliar administrativa Elisangela Galvão, destacou a importância em se fazer algo deste porte nas principais ruas da cidade, porém teve um posicionamento similar ao de Sandra. "Não vi diferença no movimento daqui. Parece que priorizaram aqui por causa da Tocha Olímpica, mas, deve ter esta atenção para toda a cidade. Claro não posso deixar de falar que é importantíssimo o recapeamento", enfatizou.

Já o vendedor Fernando Okuma acredita que as obras beneficiarão todos os comércios da rua, no entanto, a poeira e a falta de locais para estacionar veículos estão os prejudicando, mesmo que seja momentaneamente. "A poeira atrapalha bastante, mas esperamos que fique melhor. O movimento caiu um pouco, porém, ainda não está atrapalhando nos lucros", acrescentou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias