Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
segunda 02 de agosto de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/08/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Cruzeiro do Sul

Região cobra do Estado dados antecipados sobre datas para cumprir vacinação até setembro

Condemat expõe desafio dos municípios em manterem comunicação com o governo estadual sobre envios de doses

Por Matheus Cruz - de Suzano16 JUN 2021 - 05h00
Região quer informações antecipadas para cumprir meta até setembroFoto: Paulo Pavione/Secop Suzano
Com mais uma antecipação da campanha de vacinação anunciada no último domingo (13) pelo governador João Dória, a previsão estabelecida é que o estado consiga vacinar todos os adultos acima de 18 anos até o dia 15 de setembro. Na região, a Câmara Técnica de Saúde do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) estima que isso ocorra, mas para isso, conta com a entrega pontual das novas doses para conseguir acompanhar o calendário anunciado.
 
De acordo com o consórcio, o maior desafio dos municípios da região tem sido em estabelecer uma comunicação antecipada com o Governo do Estado com as informações de previsão de envio de doses e quantitativos. Geralmente, as cidades ficam sabendo no mesmo dia em que recebem as doses. Segundo a Câmara Técnica de Saúde, isso prejudica na comunicação e agendamento prévio da população. Além disso, a entidade conta que a quantidade de doses enviadas seja compatível com a necessidade dos grupos a serem imunizados.
 
"Há um intervalo entre os anúncios do Governo e o que chega efetivamente para os municípios. Tivemos o anúncio no domingo que hoje (terça-feira, 15) teria início a imunização de pessoas de 50 a 59 anos, e somente hoje recebemos a grade com o quantitativo, bem como os imunizantes. Este descompasso de informações prejudica e pode ocasionar alterações no cronograma previsto pelo Estado", informou o Condemat em nota.
 
Apesar dos desafios da comunicação entre o governo e as prefeituras, a campanha de vacinação na região é avaliada como positiva pela Câmara Técnica de Saúde. Segundo a entidade, há o empenho dos municípios, que, mesmo diante de toda dificuldade, vêm cumprindo o cronograma e avançando com a imunização dos grupos.
 
Na expectativa para que o calendário anunciado pelo governador consiga ser seguido e aplicado para a população do Alto Tietê, a coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Condemat, Adriana Martins, destacou a importância de as pessoas continuarem seguindo os protocolos sanitários até que o índice de vacinados seja considerado satisfatório pelos órgãos de saúde.
 
"A vacinação é nossa principal arma na luta contra o coronavírus e para que os municípios avancem precisamos ter doses suficientes para atender à demanda. É um alento para todos nós sabermos que em breve teremos toda a população adulta imunizada com a primeira dose, porém isso não suspende os demais cuidados. O uso de máscara ainda é essencial, os protocolos sanitários e distanciamento social, ainda são muito importantes nesta batalha", disse Adriana Martins.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias