Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 01 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/11/2020
GOLDSTAR
ERICA ROMÃO
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
Reisinger Ferreira
GOLDSTAR

Resolução do PSL proíbe fogos durante campanha

Israel Lacerda fez anuncio nesta segunda-feira durante live, pelo Facebook, com seu vice; live também foi marcada por críticas

Por de Suzano26 OUT 2020 - 20h17
Israel Lacerda faz resolução que proíbe uso de fogos de artifício pela coligaçãoFoto: Reprodução
O candidato a prefeito de Suzano, Israel Lacerda (PSL), e seu vice, Soldado Eduardo (Patriota), anunciaram nesta segunda-feira (26) que publicaram resolução interna do partido proibindo o uso de fogos de artifício por parte dos candidatos da coligação "União do Bem".
 
Segundo o candidato, "a coligação União do Bem não faz parte da velha política". Lacerda afirmou que o candidato da sua coligação que for pego usando fogos terá a candidatura banida.
 
"Temos respeito pelos animais, que ficam com medo. Pelas pessoas que tem autismo. Por isso, vamos banir as candidaturas que utilizarem. E quem ver alguém da coligação soltar fogos, pode ir ao nosso comitê e denunciar", exclamou o candidato na live.
 
Lacerda ainda frisou que só é favorável ao uso dos fogos de artifício em estádio de futebol. "Utilizar isso só serve para confrontar com pressão", disse. 
 
Compra de alface
 
O candidato pelo PSL ainda comentou sobre a compra de alfaces em Suzano. O candidato criticou o valor investido, em junho de 2019, na compra dos pés de alface a R$ 33. Segundo Lacerda, foram empenhados R$ 827 mil para comprar a hortaliça.
 
Lacerda disse a cotação do preço de alface, na época, seria de R$ 3 o quilo. "A alface tem sua cotação diária, como café. E esse valor na época não corresponde ao valor gasto na compra".
 
Máscaras
 
O candidato também citou a compra de máscara N-95, que são utilizadas durante a pandemia. Lacerda disse que o valor investido em Suzano foi de R$ 54, sendo que no mesmo período as prefeituras de Ferraz e Arujá compraram por R$ 22 e R$ 15, respectivamente.
 
Além disso, Lacerda citou as propostas para a cidade, se caso eleito. Ele pretende, entre algumas questões, aumentar as horas para atendimentos das UBS (Unidades Básicas de Saúde). O projeto é estender até às 22 horas "em pontos estratégicos".
 
Lacerda afirmou também que quer descentralizar a OS, permitindo mais de uma atuar na cidade, o que vai possibilitar a competição entre elas. "Fazendo isso ganhamos um respiro. Acaba a corrupção e diminui os gastos".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias