Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Sessão será 1ª com intérprete de Libras na região

28 JAN 2016 - 07h00

Sendo pioneira em todo o Alto Tietê, a Câmara de Suzano é a primeira da região que contará com interprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas sessões. A ideia é proporcionar às pessoas com surdez a possibilidade de acompanhar o trabalho legislativo, garantindo assim, inclusão social. A ação será iniciada na próxima quarta-feira, quando acontece a primeira sessão deste ano.

O contrato com a intérprete Adriana Araújo dos Santos foi assinado, na tarde de ontem, pelo presidente da Casa de Leis, Denis Claudio da Silva (DEM), o Filho do Pedrinho do Mercado. O democrata explicou que a profissional estará presente em todas as sessões e iniciará os trabalhos a partir do hino nacional até a votação do último item da Ordem do Dia. "Ela irá repassar todas as falas dos vereadores e esperamos, com isso, contar com maior participação nas sessões", comentou. "Porque o surdo tem os mesmos deveres e direitos de qualquer outra pessoa. Somos todos iguais e a Câmara tem como obrigação garantir isso", comentou. "Situações que para nós são simples, para uma pessoa surda é completamente difícil de realizar. Temos que garantir mais dignidade para todos os suzanenses", afirmou Denis. A Libras é reconhecida como meio legal de comunicação e expressão desde 2002, quando o então presidente Fernando Henrique Cardoso assinou a lei nº 10.436.

No ano passado, além de Adriana, a interprete Cláudia Adriana Oliveira já acompanhou a sessão com um grupo de surdos. "Foi uma oportunidade para provar que há a necessidade de pessoas com conhecimento em Libras em todos os órgãos públicos", disse. "Como pessoas ligadas há anos na comunidade de surdos, esperamos sinceramente que a Câmara de Suzano seja um exemplo para os outros Legislativos da região e até mesmo as prefeituras", disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias