Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 28 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/02/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CENTRO MÉDICO

Sindicato celebra início de vacinação em profissionais da saúde da região

Apesar de sua importância, o quantitativo do primeiro lote para os municípios representa apenas 40% da necessidade

Por Matheus Cruz - de Suzano21 JAN 2021 - 23h40
Chegada das doses da Coronavac trouxe clima de celebração para os profissionais da saúdeFoto: Regiane Bento/DS
O clima é de celebração no Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde de Mogi e Região (Sindsaúde). Após longa espera, os trabalhadores da saúde que atuam em Suzano e região começaram a ser imunizados nesta quarta-feira (20). De acordo com a diretora da entidade, Kátia Aparecida, a campanha foi “tardia”, mas nem por deve ser menos celebrada. 
 
“Sabemos tudo o que passamos desde o início da pandemia. Também sabemos que o início da vacinação foi muito demorado e tardio, mas nem por isso devemos deixar de celebrar. É uma conquista muito merecida para todos os profissionais que tanto lutaram para salvar vidas”, destacou.
 
Apesar de sua importância, o quantitativo do primeiro lote para os municípios representa apenas 40% da necessidade, tomando como base a campanha da Influenza de 2020. Todas essas vacinas deverão ser usadas como primeira dose no grupo a ser imunizado. O Governo do Estado garantiu que a segunda dose para esse público chegará a tempo de ser aplicada dentro dos 21 dias preconizados para a CoronaVac.
 
De acordo com Katia, o número é muito abaixo do ideal, já que atende a minoria dos profissionais. Mas é de grande importância que enfim, a população e os profissionais estejam conseguindo enxergar uma luz no fim do túnel.
 
“Defendemos que a vacina deva ser para todos. Mas entendemos que não é tão fácil quanto parece. Até a elaboração das vacinas leva tempo, o processo de distribuição e até a logística de uma aplicação em massa precisa ser muito bem estudada”, comentou.
 
Até o momento não há previsão do envio de novas remessas de vacina para ampliar a vacinação tanto para os trabalhadores da saúde, como também para os idosos em geral e indígenas.
 
Suzano
 
Após o recebimento do lote inicial enviado pelo governo do Estado de São Paulo nesta quarta (20), a enfermeira atuante na linha de frente do combate à pandemia, Geraldina Cristina, foi a primeira pessoa imunizada na cidade. Geraldina, - mais conhecida como Dina -, é moradora do Jardim Graziela e faz parte do grupo de risco da Covid-19.
 
Em suas primeiras falas pós vacina, ela destacou a importância da confiança na vacina. “Quando um profissional da Saúde se dispõe a tomar a dose, mostra confiança. Este é o primeiro passo para a conscientização de todos e rumo ao fim da pandemia”, declarou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias