Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 19 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2021
PMMC REDESCUBRA MOGI
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
ManArc
MAGAZINE CAZARINI
CREA-SP
Cidades

Sindicato não vai defender servidor que se negar a tomar a vacina

Presidente da associação disse não saber se todos os 5,6 mil servidores da cidade receberam uma dose da vacina

Por Daniel Marques - de Suzano15 SET 2021 - 15h18
Sindicato não vai defender servidor que se negar a tomar a vacinaFoto: Regiane Bento/DS
O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Suzano, Claudio Aparecido dos Santos, o Ted, disse que a associação não vai defender os trabalhadores que se negarem a tomar a vacina contra a Covid-19, caso esses sejam punidos de alguma forma.
 
Ted disse não saber se todos os 5,6 mil servidores da cidade receberam uma dose da vacina. Ele fez duras críticas aos servidores que escolheram não entrar na lista de imunizados.
 
“Por qual motivo, em uma pandemia, o servidor pode escolher não se vacinar? Não é a vida dele que está em jogo, mas dos parentes dele, das pessoas idosas com quem ele convive. É uma temeridade a pessoa não se vacinar”, disse.
 
Servidores
 
Ele também destacou que vários servidores que trabalham no sindicato contraíram Covid-19 e aproveitou para reforçar que o sindicato não se envolverá em casos onde os trabalhadores se recusarem a se imunizar. 
 
“Temos 14 pessoas que trabalham aqui e 11 pegaram. Todo mundo já se vacinou, fizemos dois, três exames. Sou completamente contrário a quem tem esse posicionamento de não se vacinar. Tem que se vacinar. Quem não se vacinar, talvez sofra sanções, e eu não posso fazer nada por eles”, afirmou.
 
Para justificar a posição, Ted destacou as mortes ocorridas por Covid-19 na pandemia.
“Temos muitas pessoas que morreram nessa pandemia. Será que quem não se vacinou acha que é o Super-Homem? Se ele contaminar alguém, é responsável. Acho absurdo, por que não tomar a vacina?”, questionou.
 
“Se eu fizer isso (envolver o sindicato) estou contra a população e os munícipes que pagam nossos salários”, finalizou. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias