Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 04 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
GOLDSTAR
Reisinger Ferreira
GOLDSTAR
ERICA ROMÃO

Supermercados registram queda de 40% nas vendas de Natal e Ano Novo

30 DEZ 2015 - 07h01

Os supermercados apontam queda de até 40% nas vendas de dezembro comparado ao mesmo período do ano passado. O DS esteve ontem em três supermercados da cidade e identificou que as unidades estavam com baixo movimento. De acordo com os gerentes, a estimativa é que entre hoje e amanhã o movimento de clientes aumente em busca de frutas e outros mercadorias que não podem faltar na ceia do Réveillon.

Uvas, ameixas, pêssegos e abacaxis são as frutas que os consumidores procuram para enfeitar e dar gosto à ceia em comemoração ao Ano Novo. Com isso, os supermercados esperam que o movimento aumente. "Já temos uma queda de 40% nas compras deste ano, comparado a dezembro de 2014. A essa altura já era para estar movimentado", explicou o gerente de um supermercado na Vila Urupês, José Pires de Andrade.

De acordo com ele, devido à dificuldade das vendas, o valor das frutas está, aproximadamente, igual ao do último ano. "Se aumentamos não vendemos". Apesar do baixo movimento, os clientes já iniciaram as compras para o Réveillon. "O mais procurado é a uva. É a fruta que mais sai agora. Quem deixar para comprar dia 31 ainda vai encontrar bastante coisa. Além disso, os assados também saem bastante", pontuou o gerente. Na unidade, o quilo da uva sai a partir de R$ 7,19. A ameixa e o pêssego, também muito vendidos, saem por R$ 5,19.

O gerente de um supermercado na divisa entre os bairros Vila Urupês e Vila Amorim comentou que a queda na venda da unidade é de 30% comparado ao último ano. "Acho que no próximo ano vai cair ainda mais. Agora vamos esperar a procura por ingredientes para o Réveillon. Aqui, o pêssego, a ameixa e a uva são os que mais saem", explicou. No local o consumidor encontra a uva por R$ 8,99, e o pêssego e a ameixa por 5,99.

O supermercado na Avenida Armando de Salles Oliveira, no Centro de Suzano, também aponta queda nas vendas. "Aqui caiu cerca de 10%. Esperamos que esses dois dias de compras para o Réveillon possam reverter esse quadro", explicou o gerente da unidade, Washigton Alexandrino Santos. Ainda ontem, a ameixa era encontrada por R$ 8,99, o pêssego por R$ 5,99 e a uva, a partir de R$ 9,99. "A promoção para o Ano Novo começa amanhã (hoje). Acredito que a maioria das pessoas está deixando para a última hora, principalmente esperando o desconto", explicou.

A aposentada Maria Santana, de 48 anos, já iniciou as compras das frutas para o Réveillon. "O que não pode faltar é o que está com desconto". De acordo com ela, o pêssego e a uva já estão comprados. "Agora estou levando a manga, que está em promoção", explicou a aposentada que realizada suas compras ontem. A busca por desconto também é a meta de Daniel Bombarde Neres, de 49 anos, que está procurando economizar. "Está caro e o jeito é diminuir e cortar os gastos. Esse ano não vai faltar nada, mas vai ser em menor quantidade", explicou.

Já a professora Mariane Ferreira da Silva, de 30 anos, conta que ainda não comprou nada. "Não sei como vai ser. Está bem caro. É bem provável que eu volte dia 31 e a gente sempre acaba levando, pelo menos, a uva", explicou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias