Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 19 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2021
MAGAZINE CAZARINI
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
PMMC REDESCUBRA MOGI
CREA-SP
ManArc

Suzano desenvolve Conselho de Promoção da Igualdade

Por Lucas Lima - de Suzano01 AGO 2021 - 11h00
Prefeitura de Suzano desenvolve o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade de GêneroFoto: Isabela Oliveira/DS
A Prefeitura de Suzano desenvolve o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade de Gênero. O órgão vai receber demandas e denúncias envolvendo o assunto. No entanto, o Executivo não estipulou uma previsão de quando o conselho entrará em atividade.
 
Questionada sobre uma possível criação de uma Ouvidoria contra racismo e homofobia, a Prefeitura disse que o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade de Gênero está em processo de desenvolvimento. Além disso, a administração disse que existe o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que será retomado nos próximos meses.
 
Os dois conselhos vão poder atuar no Espaço dos Conselhos, equipamento da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, destinado à utilização por parte dos integrantes dos conselhos municipais, que foi entregue na sexta-feira (23).
 
A Prefeitura disse que quando os conselhos estiverem ativos, o Espaço dos Conselhos se tornará um meio para acolhimento de demandas e de denúncias envolvendo tanto o racismo quanto de gênero. Outros canais como a Polícia Militar (PM) e a Guarda Civil Municipal (GCM) também estão à disposição.
 
Região
 
A Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou que a criação de uma Ouvidoria contra racismo e homofobia pode ser alvo de estudos. A administração municipal reiterou o posicionamento contra qualquer tipo de preconceito e já promove eventos de diálogo e aproximação com o público LGBTQIA+, além de ações que valorizam e reconhecem a cultura de matriz africana. Em Poá, a Prefeitura não descarta a possibilidade de criar uma Ouvidoria contra racismo e homofobia. “Diante da calamidade financeira em que se encontra o município, ainda não foram abertos estudos para esta pauta em questão. Porém, o Executivo não descarta a possibilidade de existir este canal na Ouvidoria Municipal”, afirmou em nota.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias