Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Suzano e região perdem 1,4 mil vagas de emprego, aponta Caged

21 NOV 2015 - 07h01

As dez cidades da região perderam 1,4 mil vagas de emprego em outubro deste ano. Os dados foram divulgados ontem pelo Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. O resultado traz mais uma vez o cenário negativo vivido pela crise econômica do País. Somente um município do Alto Tietê teve saldo positivo.

Suzano ficou na 140ª posição do ranking estadual, com a perda de seis postos de trabalho com carteira assinada. Foram admitidas 1.478 pessoas e demitidas 1.484. A cidade caiu 128 posições em comparação com mesmo período do ano passado, já que estava em 12º no ranking. Na ocasião, 240 empregos haviam sido gerados.

Na região, Biritiba Mirim teve a criação de 25 empregos. Foi o único município com saldo positivo. A cidade ficou na 47ª posição no ranking. Apesar do resultado negativo, Suzano ficou na segunda posição do ranking regional. Salesópolis teve o terceiro melhor resultado da região, mesmo com a perda de 11 postos de trabalho. Mogi das Cruzes e Poá apresentaram os piores resultados, com o saldo negativo de 358 e 390 empregos.

NACIONAL

Em todo País foram fechados mais de 169 mil vagas formais de emprego. É o pior resultado da série histórica do Caged. Segundo os dados, em outubro, houve expansão do emprego na Indústria de Produtos Alimentícios, com geração de 6.258 postos de trabalho, principalmente pela ampliação de 5.035 postos nas atividades vinculadas à fabricação de açúcar.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias