Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 20 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID LAR
PMMC COVID SAÚDE

Suzano fica sem água após rompimento de adutora

30 DEZ 2015 - 19h51

Todos os bairros de Suzano ficaram sem água hoje por um período de quase 24 horas. A ação aconteceu por conta do vazamento de água de uma adutora que abastece o reservatório da cidade. O problema aconteceu no final da tarde de ontem.





A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) deslocou funcionários para fazer o reparo na adutora, localizada na Vila Urupês. Eles ficaram durante toda a noite no local e a situação foi normalizada na tarde de hoje porém a previsão era de que o abastecimento só fosse normalizado na madrugada de hoje. Ele acontecerá de forma gradativa.



A Sabesp informou que os suzanensens que possuem caixas d'água, com capacitação adequada para um período de 24 horas, não sentiram alterações no abastecimento. " A Sabesp pede desculpas aos seus clientes pelos eventuais transtornos e salienta que está disponibilizando caminhões-pipa para atendimento emergencial aos hospitais da região", informou em nota. A companhia também solicitou para que as pessoas economizassem água.



Dentre os bairros afetados do quadrilátero central estão o Centro, Parque Suzano, Vila São Francisco, Jardim Imperador, Vila Amorim, Cidade Edson, Vila Figueira. A moradora do Jardim Imperador e aposentada, Maria Helena, de 69 anos, disse que o prejuízo é muito grande e não por conta disso não conseguiu fazer os serviços de sua casa. "Fui tomar meu banho e não tinha mais água. Não tem uma gota saindo das torneiras. A situação sem água é muito difícil. O pior de tudo é que não houve nenhuma comunicação para informar que iriam parar de distribuir".

O comerciante do Monte Cristo, Gil Souza Brito, explicou que a paralisação de água atrapalhou bastante, principalmente, por se tratar de véspera de Ano Novo. "Desde terça-feira de noite houve a queda de água. Com as festas de final de ano isto prejudica muito".

No bairro Casa Branca a situação era a mesma. A balconista de um restaurante Ana Mari, disse que dependia da água para realizar todos os serviços. "Aqui no trabalho precisamos da água para lavar louça, fazer os pratos frescos e tudo. Não pode acontecer este tipo de problema".

Os moradores que desejam mais esclarecimentos, deverão entrar em contato pelos telefones 195 ou 0800-0119911 (as ligações são gratuitas).

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias