Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 19 de janeiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/01/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS  - OFTALMOLOGIA
GOLDSTAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Suzano mantém 154 pessoas no programa da Frente de Trabalho

Programa proporciona qualificação profissional e renda para cidadãos desempregados

Por Matheus Cruz - de Suzano29 NOV 2020 - 16h00
Suzano é a unica cidade que conta com o programa de equipes de limpezaFoto: Divulgação
Os serviços de limpeza e conservação dos espaços públicos realizadas pelos participantes do programa Frente de Trabalho são de extrema importância para o bem-estar dos moradores e pedestres. Das cidades consultadas na região, apenas Suzano conta com o programa ativo, o município possui 154 pessoas nas equipes de limpeza e manutenção. 
 
O Meu Emprego - Emprego e Renda, também conhecido como Frente de Trabalho, é um programa emergencial de auxílio-desemprego, criado em 8 de junho 1999 e proporciona qualificação profissional e renda para cidadãos que estão desempregados e em situação de alta vulnerabilidade social, com enfoque em atividades de conservação, manutenção e limpeza de órgãos públicos estaduais e municipais.
 
O bolsista permanece no programa por até nove meses, com jornada de atividades de até seis horas diárias, quatro dias por semana. No quinto dia semanal, ele faz um curso de qualificação profissional ou alfabetização. Os bolsistas recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 330 e seguro de acidentes pessoais. Os participantes prestam serviços de interesse local (quatro dias da semana – 6h/dia) e frequentam o curso de qualificação profissional, um dia por semana.
 
Em Suzano, os bolsistas são encaminhados para as Secretarias de acordo com a demanda de cada pasta municipal. Segundo a Prefeitura, poderá haver a convocação de novos bolsistas, através de solicitações das Secretarias, contudo, apenas nos casos de reposições de contratos encerrados. 
 
Em todo o Estado de São Paulo, 389 municípios estão cadastrados. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos de Ferraz de Vasconcelos, a cidade não conta, atualmente, com o Programa Frente de Trabalho. É a mesma situação das cidades de Itaquaquecetuba, Poá, Guararema e Mogi das Cruzes. As demais cidades do Alto Tietê não responderam o DS até o final desta reportagem.
 
Para participar, o candidato deve estar desempregado há pelo menos um ano, ser maior de 17 anos e residir no Estado de São Paulo por no mínimo dois anos. Os municípios interessados em aderir ao programa, devem acessar o site: http://www.meuemprego.sp.gov.br/.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias