Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
sexta 07 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/05/2021
MAGIC CITY - CAMPANHA SOLIDÁRIA
Quality Admistração de Condomínios
 SP EDUCAÇÃO - SAC_210326-001 - CORONAVIRUS - VACINACAO PROFISSIONAIS
Cazarini
CLUDE DS DIA DAS MÃES
Tesouro Nacional

Suzano mantém nota máxima em Capacidade de Pagamento

Município consegue classificação ‘A’ pelo terceiro ano consecutivo

Por de Suzano19 ABR 2021 - 15h40
Suzano mantém nota máxima em Capacidade de PagamentoFoto: Wanderley Costa/Secop Suzano

A cidade de Suzano alcançou a nota máxima na análise de Capacidade de Pagamento (Capag), promovida pela Secretaria do Tesouro Nacional, vinculada ao Ministério da Economia. Esse é o terceiro ano consecutivo que a administração municipal consegue a classificação “A”, repetindo em 2020 o feito verificado também nos anos de 2019 e 2018, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças.

De acordo com o levantamento, que analisa a situação financeira dos municípios do País, Suzano é uma das cidades melhor avaliadas da região, obtendo nota máxima nos três indicadores considerados pelo Capag, sendo o endividamento, a poupança corrente e o índice de liquidez.

A última atualização da análise, referente ao ano de 2020, aponta a porcentagem de 83.71% para a poupança corrente, por meio da análise de Despesa Corrente e de Receita Corrente Ajustada. Já no quesito Liquidez, considerando as obrigações financeiras e a disponibilidade de caixa, o indicador da cidade chega a 66.61%.

De acordo com o chefe da pasta, Itamar Corrêa Viana, o resultado positivo verificado ao longo dos últimos anos demonstra a confiança dos contribuintes que, mesmo diante das dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), não deixaram de honrar com seus tributos. “Temos grande satisfação em apresentar novamente a classificação ‘A’ de Suzano, diante de um período tão difícil. Em 2020 e ainda neste ano, a administração municipal enfrenta uma árdua tarefa diante da pandemia. Apesar disso, Suzano é um dos poucos municípios que fecharam o ano com superávit, ainda que 2%. Isso representa o respeito e a confiança do cidadão”, destacou.

Já o prefeito Rodrigo Ashiuchi agradeceu o empenho da equipe de Finanças do município e lembrou que tudo é resultado de um trabalho conjunto. “Em 2017 pegamos Suzano em uma situação muito delicada, com muitas dívidas e serviços inacabados. Aos poucos conseguimos colocar a casa em ordem e agora colhemos frutos. Essa nota máxima, alcançada por três anos consecutivos, não é resultado do trabalho de uma ou duas pessoas, é o resultado do empenho de todos aqueles que lutam por uma cidade cada vez melhor”, concluiu.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias