Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 23 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/09/2019
Centerplex 19 a 25/09
PMMC ENTREGAS

Suzano receberá novo lote de doses e terá vacinação contra sarampo neste sábado

Ação especial ocorrerá na UBS do Boa Vista, das 9 às 16 horas, e se repetirá no sábado seguinte, no mesmo local e também na UBS Palmeiras

Por de Suzano21 AGO 2019 - 16h27
Imunização especial também está programada para ocorrer no próximo sábado (31)Foto: Irineu Junior/Secop Suzano

A Secretaria de Saúde de Suzano realizará neste sábado (24) uma imunização especial contra o sarampo na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. André Cano Garcia (avenida Jaguari, 37 – Cidade Boa Vista), das 9 às 16 horas. A ação foi agendada após a confirmação da remessa de um novo lote com 2,5 mil doses da vacina para a cidade, que deve chegar nesta quinta-feira (22) e é destinado, principalmente, a crianças com idade entre seis meses e um ano, conforme determinação do Ministério da Saúde nesta semana. 

A imunização especial também está programada para ocorrer no próximo sábado (31), no mesmo local e ainda na UBS Palmeiras (rua Crispim Adelino Cardoso, 137 – Recanto Feliz). Trata-se de uma medida preventiva para crianças que não receberam a dose extra, chamada de “dose zero”. Em dias úteis, a vacina é encontrada normalmente nos 23 postos de saúde de Suzano, inclusive onde há expediente estendido até as 20h30: Jardim Europa (de segunda a quarta-feira) e Jardim Maitê (às terças-feiras). Na semana passada, o município recebeu 2 mil doses para repor o estoque. 

“Vale lembrar que a vacinação contra o sarampo (tríplice viral), conforme o Calendário Nacional, continua normalmente. E é importante que os pais e responsáveis se atentem ao período definido na carteirinha para levar as crianças. Quem mora nas regiões onde haverá essa ação especial terá uma opção a mais nos dois próximos sábados”, disse o secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon. A transmissão da doença ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções respiratórias. Os principais sintomas são febre alta (acima de 38,5º) e manchas vermelhas pelo corpo (com início na face e atrás das orelhas), acompanhados de tosse, coriza ou conjuntivite. 

A forma mais eficaz de prevenir é a imunização. A vacina tríplice viral protege contra sarampo, caxumba e rubéola, (SCR) e está prevista no Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. É aplicada aos 12 meses de idade, com reforço aos 15 meses. Crianças, adolescentes e jovens adultos, de 1 e 29 anos, devem receber duas doses da vacina. Pessoas entre 30 e 59 anos precisam ter, pelo menos, uma comprovada. A vacina é contraindicada para gestantes e imunodeprimidos, como aqueles submetidos a tratamento de leucemia e pacientes com câncer.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias